Vivendo o sonho: Rodrigo Mello se torna bicampeão da Porsche Cup

·6 minuto de leitura

Em um campeonato competitivo como a Porsche Cup, conquistar dois títulos já é uma tarefa difícil. E Rodrigo Mello conseguiu algo mais notável ainda: se tornou bicampeão, só que por divisões diferentes. Se no ano passado ele levou o 'Pink Pig' ao topo da GT3, em 2020 ele subiu para a Carrera Cup Sport 4.0 e triunfou ao lado de sua nova máquina, o Porsche LEGO ® Technic #29.

A fatura foi definida neste sábado em Interlagos durante a rodada tripla decisiva, que seria originalmente disputada como preliminar do GP do Brasil de Fórmula 1, marcada inicialmente para a mesma data antes de ser cancelada por conta da pandemia. Mesmo sem público e sem os olhos da maior categoria do mundo, a Porsche entregou um evento de primeira linha, com disputas de alto nível - a decisão que coroou Mello é uma prova disso.

O editor recomenda:

Porsche Cup: Rodrigo Mello, bicampeão da Carrera Sport, faz balanço da temporada 2020 Paludo após hexa da Porsche: “Finalmente posso dizer que venci o campeonato” Após disputas em Interlagos neste sábado, títulos da Sprint foram definidos; confira classificação final do campeonato

Tendo como principais rivais Rodolfo Toni e Maurizio Billi, Mello fez valer a força mental desenvolvida nos desafios de sua vida como advogado e teve a frieza e calma que fizeram seus dois adversários caírem pelo caminho: o primeiro foi Toni, que destruiu seu carro na tomada de tempos. Com isso, a briga ficou focada em Mello x Billi.

No primeiro desafio, deu Billi. Debaixo de um dilúvio, o experiente competidor chegou metros à frente de Mello, diminuindo a diferença para um ponto. No entanto, na prova do sábado, foi a vez de Billi ser surpreendido. Logo na largada, sem ter para onde desviar, ele teve a suspensão dianteira de seu carro destruída. Mello, por sua vez, conseguiu desviar e, jogando com o regulamento, levou seu carro ao segundo lugar, abriu dez pontos para Billi, o suficiente para lhe dar o título mesmo com os descartes aplicados.

Apenas uma chance faria Mello não ser campeão: uma desclassificação. Se ele quisesse, poderia apenas largar e recolher ao fim da primeira volta para confirmar o campeonato. Mas não era muito bem isso que ele traçou para a finalíssima e, sem pressão, mas com maturidade, foi e carimbou o bicampeonato na Porsche Cup com uma vitória, para consolidar uma temporada irretocável: três vitórias, dez "top 3" e 14 pódios em 16 corridas.

"Foi um ano único, com os maiores desafios da minha carreira até agora. Resolvi um passo a mais, mudei minha técnica de pilotagem e a pandemia tornou tudo mais desafiante e inesperado. Essa temporada eu tomei uma decisão técnica que foi começar frear o a perna esquerda, eu freava com a direita e isso me fez dar um passo para trás, mas eu sabia que era para depois dar dois pra frente. E o resultado disso veio no final da temporada, após muito treino e paciência por conta da impossibilidade de treinar com o carro de verdade durante a quarentena", comentou o piloto de 40 anos.

"Por conta disso, eu sofri no meio dela, pois minha categoria tem pilotos experientes e com o nível técnico muito alto, totalmente integrados com o carro. E todos também elevaram o nível, montando time com engenheiro próprio, coach, treinando fisicamente e diariamente no simulador. Inclusive, sou muito grato ao meu engenheiro Sergio Troy e aos pilotos Vitor Baptista e Sérgio Jimenez - o Jimenez por me ensinar sempre nas corridas de Endurance e o Baptista por ter sido vital no momento mais difícil do ano, quando não estava me entendendo com o carro no meio da temporada. Toda essa disputa dentro e fora da pista torna o título ainda mais gratificante, pois foi suado. E terminar com vitória foi a cereja do bolo.

Mello também reconhece que, além da pilotagem, a bagagem mental adquirida como advogado foi tão importante quanto a pilotagem sem erros nas três corridas: "Advogado por essência é competitivo; piloto por essência é competitivo também. É muita coisa em comum. O foco que tenho no escritório, a determinação e as conquistas que tenho lá me mostram que posso conquistar aqui e eu trouxe isso junto comigo. Eu posso, eu consigo. E eu consegui!"

Ainda com o doce sabor do champanhe na boca, Mello já tem até a meta para o próximo ano: "Quero evoluir e me embaralhar com a turma da classe principal. Tenho essa expectativa, mas passo longe de pensar em disputar o título com eles ainda. Todos da classe principal são muito experientes, a maioria é piloto desde criança, eu comecei tarde, isso conta um pouco mas tenho cada vez mais diminuindo a diferença, porém tenho muito o que evoluir. Chegar neles e disputar de igual para igual é o próximo objetivo para poder sonhar ainda mais alto."

Mais um detalhe que merece destaque é a consagração do Porsche LEGO ® Technic #29. Em uma jogada de marketing única, inovadora e inteligente no automobilismo brasileiro, Mello, baseou o layout de sua máquina na consagrada miniatura lançada pela icônica marca de brinquedos de montar, que inclusive abraçou a iniciativa.

A prática de revolucionar nas pinturas já é uma característica do piloto: ele já era famoso por ter recriado a histórica pintura do Pink Pig utilizada pela Porsche no passado em Le Mans, com a qual foi campeão no ano passado, sem contar a reprodução da pintura preta usada por Ayrton Senna na Lotus em seus primeiros anos na categoria. "O mais legal de tudo é que, além do título de Sprint, o Porsche LEGO ® Technic #29 também foi campeão na disputa do carro mais bonito em votação popular.

Com o título principal já embaixo do braço, Mello tem no dia 6 de dezembro a chance de ganhar mais um título em Interlagos, uma vez que disputa o título da Endurance Series, campeonato de provas de longa duração da Porsche que conta com os mesmos carros e competidores, só que competindo em dupla. Ao lado dele, correrá o campeão mundial de carros elétricos Sérgio Jimenez.

Confira os cinco melhores da classificação final da Porsche Carrera Cup 4.0:

1. Rodrigo Mello, 96
2. Maurizio Billi, 85
3. Rouman Ziemkiewicz, 82
4. Rodolfo Toni, 74
5. Renan Pizii, 63

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1, MotoGP e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Todt fala sobre o estado de saúde de Schumacher; conheça a verdade por trás do caso

PODCAST: O calendário 'pós-pandemia' da F1 2021 é o mais correto? Ouça o debate

Your browser does not support the audio element.

.