“Viva o cinema nacional. Verdade vencerá”, Lula comemora indicação brasileira ao Oscar

Yahoo Vida e Estilo
Foto: Reprodução/Netflix
Foto: Reprodução/Netflix

O documentário 'Democracia em Vertigem', de Petra Costa foi indicado ao Oscar de melhor documentário em 2020. O filme, que foi muito prestigiado no Festival de Sundance nos EUA em 2019 conta de forma extremamente pessoal os acontecimentos no cenário social-político brasileiro, e em específico os protestos de junho de 2013 até a eleição de Jair Bolsonaro em 2018.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Mas, principalmente, o documentário - disponível na Netflix - conta com um protagonista herói, que leva a trama ao longo da produção e, nesse caso, o lugar é ocupado pelo ex-presidente Lula, que é definido por Petra como “um escultor, cujo material é a argila humana”, num elogio à sua capacidade de articulação política. Protagonista da história, Dilma Rousseff comemorou a indicação. “O filme é corajoso, por mostrar o jogo sujo que resultou no meu afastamento do poder e como a mídia venal, a elite política e econômica brasileira atentaram contra a democracia no país, resultando na ascensão de um candidato da extrema-direita em 2018”, disse no Instagram.

Assim, não é de se surpreender que o próprio Lula tenha comemorado a indicação da produção ao prêmio da Academia. Em seu Instagram, o ex-presidente publicou o seguinte post com a legenda: “Parabéns, Petra Costa, pela seriedade com que narrou esse importante período de nossa história. Viva o cinema nacional! A verdade vencerá”. Veja o post abaixo:

Além dele, celebridades brasileiras também comemoraram a indicação em suas redes sociais. Veja abaixo:

Bárbara Paz

Antônia Pellegrino

Gregório Duvivier

Eduardo Suplicy

Leia também