Vitorioso, nervoso e cascudo: Tuca Ferretti - de saída do Tigres - poderia construir boas histórias no Brasil

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Fim de uma era. Após 11 anos, inúmeras conquistas e histórias para mais de um livro, o técnico brasileiro Ricardo Ferretti, o famoso Tuca, deixou o comando do Tigres, do México. Lenda na América do Norte e algoz do Palmeiras no último Mundial de Clubes da Fifa, o vitorioso e experiente treinador certamente vai receber propostas de vários lugares do mundo. Seria ele uma boa opção para o futebol brasileiro?

Nascido no Rio de Janeiro, Tuca Ferretti construiu sua carreira praticamente toda no México, mas também atuou por algumas equipes do Brasil, incluindo Botafogo e Vasco, em seus tempos de atleta. Já na América do Norte, o brasileiro passou por Atlas, Pumas, Deportivo Neza, Monterrey e Toluca. Aos 67 anos, ele também tem um currículo longo e vitorioso à beira do campo, onde trabalhou por Pumas, Chivas, Toluca, Morelia, Tigres e até seleção mexicana (interino).

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Agora, livre no mercado, Tuca Ferretti tem diversos caminhos para seguir, incluindo o de volta ao Brasil. Com muito conhecimento do mundo da bola, bagagem e ‘casca’ de sobra e um temperamento pouco amistoso, como bem mostrou no Tigres, o treinador poderia armar boas e ‘nervosas’ equipes em seu país natal, mas certamente precisaria de tempo para reconhecer o futebol daqui e para se encaixar em alguma equipe.

Os dados estão aí – foram 11 títulos ao longo dos últimos dez anos no Tigres – e não há como negar que Tuca seja um bom treinador. O bom e bem treino time mexicano mostrou isso no último Mundial de Clubes, por exemplo.

Dito isto, Ricardo Ferretti é um bom treinador e poderia construir algumas boas histórias no Brasil. Mas, claro, o futebol não é tão preto no branco... Ele também precisaria se remodelar para repetir em seu país natal parte do que fez na América do Norte.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.