Vitória com 73 pontos de diferença bate recorde na NBA

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Memphis Grizzlies
    Memphis Grizzlies
    Ao VivoHojeAmanhãx--|
  • Oklahoma City Thunder
    Oklahoma City Thunder
    Ao VivoHojeAmanhãx--|
TORONTO, ON - NOVEMBER 30: Dillon Brooks #24 of the Memphis Grizzlies smiles to the crowd with Ja Morant #12 of the Memphis Grizzlies after their their NBA game victory over the Toronto Raptors at Scotiabank Arena on November 30, 2021 in Toronto, Canada. NOTE TO USER: User expressly acknowledges and agrees that, by downloading and or using this Photograph, user is consenting to the terms and conditions of the Getty Images License Agreement. (Photo by Cole Burston/Getty Images)
Triunfo dos Grizzlies pra cima do Oklahoma City Thunder marcou uma nova meta a ser batida na liga de basquete. Foto: (Cole Burston/Getty Images)

Um novo recorde foi estabelecido na noite de ontem na NBA! A vitória do Memphis Grizzlies para cima do Oklahoma City Thunder, por 152 a 79 marcou a maior diferença de placar da história da liga de basquete dos Estados Unidos. Os 73 pontos de diferença superaram os 68 que o Cleveland Cavaliers havia imposto para cima do Miami Heat no ano de 1991, quando ganharam por 148 a 80.

A noite foi tão perfeita dos Grizzlies que mais recordes foram batidos: maior número de pontos em uma partida, mais pontos vindos de jogadores do banco, melhor aproveitamento nos arremessos de quadra, mais assistências e maior liderança (a diferença no placar, em certo momento da partida, chegou a estar em 78 pontos).

Leia também:

O Memphis, do Tennessee, não contou com seu principal jogador para a partida. O desfalque de Ja Morant (lesionado), porém, não foi sentido. Dillon Brooks e Jaren Jackson Jr. tomaram o comando da equipe. Jaren, inclusive, foi o cestinha da partida de ontem, marcando 27 pontos contra o City Thunder.

O fato curioso envolvendo o Oklahoma é que a equipe detinha o recorde da maior derrota em casa na história da NBA, quando sofreu com o Indiana Pacers em fevereiro deste ano. A partida, que teve diferença de 57 pontos, terminou em 152 a 95 para os visitantes.

LeBron retorna após Covid-19

O craque dos Los Angeles Lakers foi liberado pela NBA para disputar o clássico contra o Los Angeles Clippers após testar negativo para inúmeros exames realizados. O jogador havia contraído o coronavírus e estava afastado das atividades.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos