Vitor Mendes é apresentado pelo Fluminense e diz que trabalhar com Diniz é o 'maior desafio da carreira'


O zagueiro Vitor Mendes foi oficialmente apresentado pelo Fluminense nesta sexta-feira. Nas primeiras palavras como jogador do Flu, o defensor relembrou a trajetória no futebol e comentou sobre os contatos iniciais com o técnico Fernando Diniz. Para o atleta este é o maior desafio da carreira.

- O Fernando Diniz é um cara excepcional. Um trabalhador e um dos melhores técnicos da atualidade no futebol brasileiro. Tivemos poucos contatos. Ele está observando muito cada jogador. A gente tem que ter saúde para estar aqui. Foi uma semana muito intensa e produtiva de trabalho. Temos que iniciar bem a pré-temporada para sair na frente dos adversários - disse Vitor. E completou:

- A pressão é muito grande. Principalmente quando se fala de história. Grande nomes já passaram por aqui. Sem sombra de dúvidas vai ser o maior desafio da minha carreira.

Vitor Mendes também falou sobre a mudança de patamar na carreira. Isso porque na temporada passada, o novo zagueiro do Tricolor disputou o Brasileirão pelo Juventude, que foi o lanterna da competição. Agora, chega a um clube que briga pela parte de cima da tabela e participa dos principais torneios.

- O nível aumenta muito. Sabemos da importância de brigar na parte de cima da tabela. Principalmente brigar pelos títulos. Espero que seja um ano de muitas vitórias e títulos que é o que queremos buscar desde o começo.

Vitor Mendes
Vitor Mendes

Vitor Mendes vai disputar posição com Nino, Manoel e David Braz (Marcelo Gonçalves/Fluminense F.C)

CONFIRA MAIS TRECHOS DA COLETIVA:

TRAJETÓRIA
- Minha carreira começou em Carajás, em Belém do Pará. Em seguida, tive dois anos no Paysandu. Depois fui embora para o Santos, fiquei duas temporadas e vim para o Atlético-MG. Não tive oportunidades lá e acabei sendo emprestado para o Guarani. Fui rodando e buscando o meu espaço até chegar no Figueirense. Fiz uma boa campanha lá e fui para o Juventude. Então, é assim que venho construindo a minha história e espero que aqui não seja diferente.

PASSAGENS POR ATLÉTICO-MG E JUVENTUDE
- A minha temporada pelo Juventude estava brigando na parte debaixo da tabela. Sabemos que para um time de meio de tabela para baixo é muito difícil. A questão do Atlético-MG foram as oportunidades. O Juventude me acolheu e o ano de 2021 foi fantástico para mim. Tentei dar a continuidade em 2022 e acabei me lesionando e isso atrapalhou bastante na temporada.

PROCESSO DE CHEGADA AO FLUMINENSE
- Quando surgiu o interesse do Fluminense eu não pensei duas vezes. Agradeci a oportunidade de poder abrirem as portas para mim. Tive contato com o Diniz, o Eduardo Barros e o pessoal do staff do Fluminense e aceitei na mesma hora o convite por tudo que representa o clube e pela campanha que foi feita em 2022.

- Ele (Diniz) fala que a gente tem que estar bem de saúde, porque o cara é ambicioso para caramba.

COMO ESTÁ ENCARANDO A OPORTUNIDADE
- Estou muito feliz por estar vestindo essa camisa grandiosa e de muita história. É um desafio imenso e de ouro. Vou encarar com unhas e dentes para aproveitar e fazer a minha história aqui no Fluminense.

CARACTERÍSTICAS
- Sou um zagueiro de boa bola aérea. Tenho uma saída de bola muito boa e costumo ganhar os duelos tanto embaixo, quanto em cima.

- Quando acompanhei o Fluminense em 2022, eu vi que a característica batia com o meu perfil. É muito satisfatório poder trabalhar nesse nível. Principalmente, quando se trata de muitas competições e aquilo que o Diniz joga. Bola no chão, correria, movimentação e temos que estar sempre bem para sair na frente dos adversários.

RELAÇÃO COM DAVID BRAZ E GUGA
- A relação com o David Braz é um pouco antiga. Nos conhecemos desde o Santos, então é um cara que eu tenho mais intimidade. O Guga iniciamos a pré-temporada juntos no Atlético-MG e quando subi para o profissional, o Guga já estava no profissional. É uma pessoa resenha e gente boa.

DISPUTA COM NINO E MANOEL
- São três zagueiros de muita experiência: Nino, David Braz e Manoel. É uma experiência muito grande, vitórias e conquistas. A disputa pela titularidade vai ser sadia e boa. Isso eleva o nível de atenção e concentração. Quem o professor optar pela oportunidade vai agarrar uma chance de ouro.

MARACANÃ
- Confesso que não lembrava muito do meu primeiro jogo no Maracanã. Como o mundo do futebol dá voltas. O destino acontece.