Vital lamenta mais uma eliminação do Corinthians: 'Era nosso dever'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Apesar de lutar muito na noite desta quarta-feira, na Arena Independência, o Corinthians não conseguiu mais do que um empate em 1 a 1 com o América-MG, resultado que elimina o clube paulista da Copa do Brasil. A queda se soma a outro momento doloroso na temporada, quando houve o fracasso na Copa Libertadores. No entanto, o foco agora será a campanha no Brasileirão-2020.

Depois de perder o primeiro jogo, na Neo Química Arena, por 1 a 0, o Timão precisava vencer por um gol de diferença para levar a decisão para os pênaltis, ou por dois gols ou mais para definir no tempo normal. Mesmo abrindo o placar com Fagner, em cobrança de pênalti, o Alvinegro levou o empate com Rodolfo, também em cobrança de pênalti, provocado por mão na bola de Piton.

Em entrevista para a TV Globo na saída de campo, Mateus Vital não escondeu a chateação pelo resultado e relembrou outra eliminação dolorosa, na fase preliminar da Libertadores, quando caiu para o Guaraní-PAR, dentro de casa. Além disso, para o meia-atacante, era obrigação do Corinthians passar para as quartas de final da Copa do Brasil diante de um adversário menos expressivo.

- Muita chateação, acho que era nosso dever passar pelo América-MG, com todo o respeito à instituição, mas a camisa do Corinthians pede isso. Tenho certeza que não faltou entrega, mas infelizmente nosso objetivo não foi alcançado. Teve a fase preliminar da Libertadores, que era nosso objetivo e não passamos, agora mais uma eliminação - analisou o corintiano.

No entanto, não há muito tempo para lamentar a eliminação, já que no próximo sábado o Timão tem um compromisso com o Atlético-GO, às 21h, fora de casa, pela 20ª rodada do Brasileirão-2020, competição na qual o Alvinegro tem objetivos mais importantes para buscar. Por isso, Vital quer foco total nela.

- Resta agora foco total no Brasileiro para que a gente possa fazer uma competição digna de Corinthians - concluiu o meia.