Vitória do Santos contra o Boca impôs feito que não acontecia desde 2011 - saiba qual

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Os garotos do Santos deram uma aula de aplicação tática e coração na noite desta terça-feira (11), superando o desgaste físico, as ausências por lesão e a arbitragem confusa na Vila Belmiro para conquistar uma vitória gigante contra o Boca Juniors: 1 a 0, gol único do lateral Felipe Jonatan, placar que deixa o Peixe muito vivo na briga por uma vaga às oitavas da Libertadores.

A partida que marcou a estreia de Fernando Diniz como treinador alvinegro foi bastante nervosa e muito intensa. Se faltou em qualidade técnica em alguns momentos, sobrou transpiração por parte dos donos da casa, e isso foi suficiente para garantir um triunfo crucial para as aspirações do clube na competição sul-americana.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Esta foi a terceira derrota consecutiva do Boca Juniors na temporada, sequência negativa que não acontecia com o clube desde o ano de 2011, ou seja, há uma década o gigante de Buenos Aires não perdia três jogos seguidos. Feito importante "patrocinado" pelo Santos, que chegou aos 6 pontos conquistados na chave e ultrapassou o próprio Boca, estacionado nos mesmos 6 pontos, mas com saldo inferior.