Vitória no Brasil e título dos Construtores: Hamilton impõe novas metas e se vê "sempre sob pressão”

FERNANDO SILVA, EVELYN GUIMARÃES
Grande Prêmio

.embed-container {position:relative;padding-bottom:56.25%;height:0;overflow:hidden;max-width:100%;}.embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed {position:absolute;top:0;left:0;width:100%;height:100%;}


Há quase duas semanas, Lewis Hamilton confirmava a conquista do pentacampeonato diante de uma multidão no Autódromo Hermanos Rodríguez, no México. Era a confirmação do objetivo perseguido durante toda a temporada. Mas o britânico busca manter a motivação com metas bem claras para o fim de semana do GP do Brasil e o restante da temporada como um todo.

Hamilton venceu apenas uma vez o GP do Brasil, em 2016. Uma nova vitória neste fim de semana em Interlagos pode ajudar a Mercedes a conquistar pela quinta vez consecutiva o Mundial de Construtores. O pentacampeão quer unir o útil ao agradável e realizar uma jornada inesquecível na terra do seu maior ídolo no esporte.

Lewis Hamilton mira a vitória no Brasil e o título dos Construtores para a Mercedes (Foto: Dalton Yamashita/Grande Prêmio)



"É claro que é diferente das corridas anteriores, mas o trabalho ainda não está completo e o foco precisa continuar. Queremos fazer uma grande corrida aqui, mas, principalmente, assegurar esse título do Mundial de Construtores. De preferência já neste final de semana", salientou Hamilton.

Com duas corridas pela frente na temporada 2018, a Mercedes lidera a tabela do Mundial de Construtores com 585 pontos, 55 à frente da Ferrari. São 86 tentos em jogo entre Brasil e Abu Dhabi, de modo que são boas as chances de a equipe chefiada por Toto Wolff comemorar mais uma conquista neste fim de semana.

Mesmo com tudo o que já conquistou durante a temporada e a carreira, Hamilton mantém a fome e deixa claro que quer sempre mais.

"Acho que nós sempre estamos sob pressão, não tem muito isso de tirar um peso das costas. Tudo bem que já ganhei o título, mas você sempre está pressionado e sempre tem alguma motivação. Não venço no Brasil há um tempo, então, quero fazer um bom trabalho e conseguir essa vitória", complementou o pentacampeão.

O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathalia De Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.


 

.embed-container {position:relative;padding-bottom:56.25%;height:0;overflow:hidden;max-width:100%;}.embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed {position:absolute;top:0;left:0;width:100%;height:100%;}

Leia também