Vitória bate Ponte Preta e deixa a zona de rebaixamento da Série B

·4 minuto de leitura


Na noite desta terça-feira (20), o Vitória recebeu e bateu a Ponte Preta por 1 a 0, no estádio Barradão. Melhor durante todo o confronto, o rubro-negro marcou seu gol já na etapa final, com Pablo Siles, em lindo chute de longe. O triunfo tirou a equipe baiana do Z-4, enquanto a Macaca continua na 19ª posição.

Agora, as duas equipes voltam a campo ainda nesta semana em jogos válidos pela 14ª rodada do Brasileirão Série B. Na sexta-feira (13), a Ponte Preta recebe o Goiás, às 20h. Por outro lado, no sábado (14), o Vitória visita o CSA, às 21h.

Ponte começa melhor
Mesmo jogando fora de casa, a Ponte Preta começou impondo pressão ao Vitória. Logo no primeiro minuto de bola rolando, Vini Locatelli arriscou de longe, e Ronaldo conseguiu encaixar o chute firme.

Poucos minutos depois, a Macaca chegou novamente com perigo. Moisés invadiu a área pela esquerda e chutou cruzado. Ronaldo, com a ponta dos dedos, conseguiu evitar o gol. No escanteio, André Luiz ganhou pelo alto, mas, sozinho, cabeceou para fora.

Situação inversa
Depois dos 15 minutos iniciais de pressão da equipe paulista, o Vitória respondeu à altura. Aos 21, Dinei recebeu cruzamento de Cedric e concluiu com estilo. Ivan se esticou todo e operou um verdadeiro milagre para evitar que os donos da casa saíssem na frente.

Sem dar respiro à Macaca, o Vitória pisou novamente na área aos 26. Em lance rápido, Pedrinho recebeu e cruzou para David. Livre na pequena área, o atacante concluiu de cabeça, mas errou o alvo.

Blitz rubro-negra persiste
Após alguns minutos mais estudados, os donos da casa continuaram criando as principais oportunidades do confronto. Aos 37 minutos, Eduardo arriscou de longe e obrigou Ivan a espalmar. Na sobra, Fábio Sanches travou a tentativa de Dinei.

Já nos acréscimos, o rubro-negro impôs novo lance de perigo à defesa adversária. Após rodar a bola de lado a lado, Wesley tentou duas vezes, mas não conseguiu estufar as redes de Ivan.

Pablo Siles coloca o Vitória na frente
Assim como em grande parte da etapa inicial, o Vitória dominou todo o começo do 2° tempo. Não demorou muito para que a iniciativa da equipe baiana desse resultado. Aos 7 minutos, Cedric acertou o travessão em chute de longe. Na sobra, o Leão trabalhou a bola, e Pablo Siles arriscou. A curva da bola enganou Ivan, que nada pôde fazer.

Em desvantagem, a Ponte Preta passou a se lançar mais ao campo de ataque. Logo após o gol, Locatelli cruzou na segunda trave, e Moisés apareceu por trás da defesa. O atacante tentou um voleio, mas mandou longe do alvo.

Jogo fica truncado
Depois das emoções iniciais do 2° tempo, a partida ficou travada, com as duas equipes disputando os espaços e cometendo muitas faltas. Pelo lado do Vitória, a preocupação estava em se defender bem para depois sair no contra-ataque e tentar matar o jogo.

Por outro lado, com a posse, a Ponte Preta tentou infiltrar a compacta defesa baiana. Contudo, o mau desempenho do setor de criação dificultava as chegadas da Macaca. Assim, Gilson Kleina realizou diversas mexidas para tentar dar novo gás.

Ponte não consegue reagir
A criatividade não foi o ponto forte da Ponte Preta na noite desta terça-feira (20). Mesmo depois das mexidas de Gilson Kleina, a Macaca se viu sem muita movimentação e cheia de limitações nas tentativas de chegar ao gol de empate no Barradão.

Por sua vez, Ramon Menezes reforçou a defesa com as mexidas na reta final do confronto. Com os diversos lançamentos em direção à sua área, o Vitória se preocupou a rebater os cruzamentos e administrou o tempo como pôde. Nos acréscimos, Soares cobrou falta com perigo, e Ivan voou para espalmar. Moisés teve a chance de deixar tudo igual logo em seguida, mas bateu para fora. Assim, o rubro-negro baiano conquistou os três pontos.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 1 X 0 PONTE PRETA
​Local
: Estádio Barradão, em Salvador-BA
Data/Horário: 20 de julho de 2021 (terça-feira), às 21h30
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE)
Gol: Pablo Siles (7'/2°T) (1-0)
Cartões amarelos: Pablo Siles, Guilherme Santos, Dinei (Vitória)

VITÓRIA: Ronaldo, Cedric, Mateus Moraes, Marcelo Alves e Pedrinho; João Pedro, Pablo Siles (João Victor, aos 38'/2°T) e Eduardo (Gabriel Bispo, aos 20'/2°T); Wesley (Soares, aos 20'/2°T), David (Guilherme Santos, aos 30'/1°T) e Dinei (Samuel Granada, aos 38'/2°T). Técnico: Ramon Menezes.

PONTE PRETA: Ivan, Felipe Albuquerque, Fábio Sanches, Cleylton e Rafael Santos (João Veras, aos 43'/2°T); Vini Locatelli, André Luiz (Pedrinho, aos 29'/2°T), Fessin (Lucas Cândido, aos 16'/2°T) e Camilo (Renatinho, aos 16'/2°T); Josiel (Rodrigão, aos 16'/2°T) e Moisés. Técnico: Gilson Kleina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos