Visando preparação para o Mundial, atletas do atletismo viajam para os EUA

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) estão promovendo um período de treinamentos nos Estados Unidos para atletas da modalidade visando a preparação para o Mundial de Londres, em agosto. No total 13 atletas viajaram para o país da América do Norte, onde estão desde 15 de março e ficarão até 7 de maio.

Segundo o COB, a ação faz parte do Programa de Preparação Olímpica Atletismo Tóquio 2020 e ela busca contemplar atletas que tiveram bons desempenhos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro no ano passado e que podem vir a defender a bandeira do Brasil na próxima edição das Olimpíadas. Jovens das categorias sub-23 e sub-20 que podem vir a integrar do time brasileiro de atletismo nesse ciclo também foram contemplados.

Leia mais: TV alemã diz que COI acobertou reanálises de testes de Pequim 2008

“Esse período de treinamentos é importante para que esses atletas tenham mais experiência internacional de competição. Todos eles já possuem destaque na modalidade, nosso objetivo é aprimorá-los. Nesse camping os atletas focam 100% na competição e também é uma oportunidade para que eles aprendam mais ainda com grandes nomes do atletismo mundial”, explica Jorge Bichara, gerente geral de Alto Rendimento do COB.

Os 13 atletas viajaram junto com a comissão técnica – que é formada por quatro treinadores, um fisioterapeuta, um massoterapeuta, um coordenador e um analista – para a Flórida e estão treinando na IMG Academy em Bradenton.

O medalhista de ouro no salto com vara no Rio 2016, Thiago Braz, tem a sua preparação própria na Europa e não foi incluído no projeto, assim como Augusto Dutra, também do salto com vara, que treina com um americano em Phoenix, Arizona.