Visando acelerar retorno ao Santos, Renyer inicia fisioterapia

Fábio Lázaro*
LANCE!


O atacante Renyer, de 16 anos, que se recupera de uma ruptura no ligamento do joelho direito, iniciará nesta quarta-feira as sessões de fisioterapia a fim de acelerar o seu retorno aos gramados. O jogador do Santos se contundiu durante um período de treinamentos com a Seleção Brasileira Sub-17, na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), dia 4 de março.

O Departamento Médico santista não estipulou prazo de retorno do atleta, mas a previsão média em lesões como essa é de seis a oito meses, portanto, o Prata da Casa corre risco de não jogar mais em 2020. Por outro lado, o Menino da Vila, focado em exemplos como Ronaldo, Ibrahimovic e até mesmo o seu companheiro de clube, Alison, está otimista em reduzir o tempo de recuperação.

- Estou bastante confiante de que em breve estarei fazendo o que amo novamente. Sou novo, sempre me cuidei e espero voltar o mais rápido possível. Grandes jogadores já tiveram essa mesma lesão que eu, atletas como Ronaldo e Ibrahimovic, o próprio Alison aqui no Santos, então estou tranquilo quanto a isso – disse.

No dia 11 de março, Renyer passou por uma cirurgia bem-sucedida no hospital Albert Einstein, em São Paulo (SP), para reconstrução do ligamento. Agora inicia o processo de fisioterapia, mesmo durante a paralisação das atividades do Peixe por conta da pandemia de coronavírus. O DM santista é o único departamento do clube que ficará aberto durante a pausa, mas o atacante afirma os cuidados que estão sendo tomados durante o período.

- A recomendação é de ficar em casa pelo máximo de tempo possível e se proteger bem lavando as mãos e evitando contato com pessoas do grupo de risco. Vou de casa para o CT fazer o tratamento e do CT para casa. É um assunto sério e que depende da compreensão e ação de todos nós. Tenho certeza de que superaremos mais essa – afirmou.

Cria da base santista, Renyer é visto como nova joia do clube. O atacante assinou o seu primeiro contrato como profissional em dezembro do ano passado e já no início de 2020 ganhou oportunidades com o técnico Jesualdo Ferreira, entrando no decorrer de três partidas e totalizando 65 minutos. A sequência de chances foi interrompida pela grave lesão.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também