Virou passeio! Espanha goleia a Alemanha por 6 a 0 pela Liga das Nações e avança para a semifinal

LANCE!
·2 minuto de leitura


"Chegaram de novo, virou passeio". Após estas palavras ficarem imortalizadas pelo 7 a 1 da Alemanha na Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014, foi a vez delas serem usadas contra os alemães. Nesta terça-feira, a Espanha goleou os germânicos por 6 a 0, na Liga das Nações, e avançaram para a semifinal do torneio.

+ VEJA A TABELA DA LIGA DAS NAÇÕES


PRIMEIRO TEMPO AVASSALADOR
Os 45 minutos iniciais não poderiam ser melhor para a Espanha. Com gols de Morata, Ferrán Torres e Rodri, a Fúria foi para o intervalo vencendo por 3 a 0. O primeiro saiu após escanteio cobrado por Fabián Ruiz e o atacante da Juventus apareceu sozinho na segunda trave. O atacante do Manchester City aproveitou rebote para marcar o segundo e o volante marcou o terceiro de cabeça.

"E LÁ VEM ELES DE NOVO"
No segundo tempo, a Espanha não diminuiu o ritmo e continuou em cima da Alemanha. Aos nove minutos, após lindo e rápido contra-ataque, Gayà serviu Ferrán Torres, que só precisou escorar para fazer o quarto gol espanhol. O time de Luis Enrique continuou pressionando e chegou ao quinto gol mais uma vez com Ferrán Torres. De novo em contra-ataque, desta vez Fabián Ruiz serviu o camisa 18. No fim, Rodri lançou para Gayà, que tocou para Oyarzabal fechar o placar.

HAT-TRICK'S
Destaque da partida, Ferrán Torres marcou três gols e levou a bola do jogo para casa. No entanto, Fabián Torres, que começou no banco e entrou no decorrer do primeiro tempo após lesão de Canales, também participou diretamente de três gols. O meio-campista do Napoli deu três assistências: para o primeiro, para o terceiro e para o quinto.

SEMIFINAL
Na semifinal, o adversário da Espanha ainda não está definido, tampouco a data da partida. A Uefa sorteará quem enfrentará a Fúria, e o jogo deverá acontecer somente no segundo semestre de 2021.

JOGO CANCELADO
Por conta da Covid-19, o jogo entre Suíça e Ucrânia, que aconteceria na Suíça, foi cancelado e ainda não tem nova data definida. Três jogadores ucranianos testaram positivo para a doença.