Virada espetacular rende lucro de 450% no UFC 209; saiba mais

Luis Fernando Coutinho
O UFC 209 rendeu lucros valiosos aos apostadores neste fim de semana. Embora tenha faltado emoção na luta principal do show, protagonizada por Tyron Woodley e Stephen Thompson, em disputa de cinturão dos meio-médios, os combates do evento ocorrido em Las Vegas (EUA) reservaram surpresas boa para os investidores com lucros de até 450%. Na luta principal do evento, quem apostou na vitória de Woodley embolsou 137% de lucro. O campeão manteve o título dos meio-médios na decisão dos juízes, após cinco rounds de uma luta morna, sem emoção e que acabou sob vaias. O americano era o azarão no duelo.

O UFC 209 rendeu lucros valiosos aos apostadores neste fim de semana. Embora tenha faltado emoção na luta principal do show, protagonizada por Tyron Woodley e Stephen Thompson, em disputa de cinturão dos meio-médios, os combates do evento ocorrido em Las Vegas (EUA) reservaram surpresas boa para os investidores com lucros de até 450%.

Na luta principal do evento, quem apostou na vitória de Woodley embolsou 137% de lucro. O campeão manteve o título dos meio-médios na decisão dos juízes, após cinco rounds de uma luta morna, sem emoção e que acabou sob vaias. O americano era o azarão no duelo. Fato curioso é que o primeiro confronto entre Woodley e Thompson acabou empatado. A aposta em um novo empate podia render um lucro incrível de 67.000 %. Ao fim do combate, segundo a papeleta com a pontuação dos juízes, um dos árbitros apontou o duelo como empate. Como os outros dois deram vitória para Woodley, o campeão manteve o título. Mas bastaria que mais um dos três juízes tivesse concordado com o empate para o "milagre" acontecer.

Além da disputa de cinturão dos meio-médios, o UFC 209 teria a luta válida pelo título interino dos leves entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson. Porém, na véspera da pesagem oficial, o russo teve problemas de saúde durante o corte de peso, foi impedido de lutar pela Comissão Atlética de Nevada e o combate acabou cancelado.

Na co-luta principal do UFC 209, David Teymur garantiu 200% de lucro aos apostadores que acreditaram em sua vitória contra Lando Vannata. O triunfo veio por decisão dos juízes. Outro que teve grande resultado foi Dan Kelly, que era o azarão mas venceu Rashad Evans  na decisão, representando um lucro de 187% a quem apostou em seu triunfo.

O maior lucro da noite veio do card preliminar. Maior azarão do show, Darren Elkins usou sua experiência para suportar o castigo aplicado por Mirsad Bektic nos dois primeiros rounds e conseguiu uma virada espetacular para vencer o rival por nocaute no terceiro assalto da luta.

Outro destaque foi o nocaute de Alistair Overeem em Mark Hunt, que garantiu 150% de lucro a quem investiu dinheiro via "método de vitória" por nocaute. O holandês se recperou da derrota sofrida para Stipe Miocic, no mesmo evento.

Confira os odds e os resultados do UFC 209:

Card Principal

Vencedores aparecem em negrito. Odds em 1º de março, segundo o Bet365

  • Tyron Woodley (R$ 2,37) Vs (R$ 1,61) Stephen Thompson
  • Rashad Evans (R$ 1,44) Vs (R$ 2,87) Dan Kelly
  • Lando Vannata (R$ 1,40) Vs (R$ 3,00) David Teymur
  • Alistair Overeem (R$ 1,66) Vs (R$ 2,25) Mark Hunt
Card preliminar

Vencedores aparecem em negrito. Odds em 1º de março, segundo o Bet365

  • Marcin Tybura (R$ 1,62) Vs (R$ 2,30) Luis Henrique
  • Mirsad Bektic (R$ 1,16) Vs (R$ 5,50) Darren Elkins
  • Iuri Marajó (R$ 1,80) Vs (R$ 2,00) Luke Sanders
  • Mark Godbeer (R$ 1,70) Vs (R$ 2,20) Daniel Spitz
  • Tyson Pedro (R$ 1,80) Vs (R$ 2,00) Paul Craig
  • Amanda Cooper (R$ 1,80) Vs (R$ 2,00) Cynthia Calvillo
  • Albert Morales (R$ 1,72) Vs (R$ 2,10) Andre Soukhamthath