De virada, Ceará derrota o Sport e encaminha classificação na Copa do Nordeste


Lutando por uma vaga na fase da Copa do Nordeste, Ceará e Sport fizeram uma partida bastante movimentada na tarde deste domingo (15), pela 7ª rodada da competição.

Com os gols saindo ainda na etapa inicial, sendo o primeiro de Marquinhos, para o Leão, o Vozão tratou de empatar na segunda metade com Felipe Baxola. Apesar dos pênaltis perdidos pelo próprio Baxola, além de Hernane, um para cada lado, Ricardinho, para a equipe cearense, também em uma penalidade, tratou de dar a vitória aos mandantes por 2 a 1.

Sendo assim, os comandados de Enderson Moreira chegaram aos 11 pontos, ficando na 4ª colocação do Grupo A. Já os comandados de Daniel Paulista ficaram com 9 pontos, porém na 5ª colocação do Grupo B.



PRIMEIRO TEMPO

Tentando impor um ritmo mais acelerado nos primeiros minutos de jogo, o Ceará matinha-se mais em seu campo de ataque. No entanto, acaba errando no último passe antes de conclusão das jogadas, o que deixava a defesa do Sport mais tranquila.

Melhorando um pouco no confronto, o Sport, aos poucos, foi ganhando espaço. No entanto, esbarrava na forte defesa do Vozão, além de ver os mandantes seguirem criando as melhores chances como o chute na trave de Luiz Otávio, quase abrindo o placar na Arena Castelão.

No entanto, já na reta final de etapa, o Leão, de forma surpreendente, conseguiu marcar seu primeiro tento. Após bonita jogada individual de Marquinhos, o camisa 33 limpou o lance e, batendo rasteiro, balançou a rede sem chance para Fernando Prass. 1 a 0.

​Na esperança de conquistar um empate antes do apito do árbitro, os comandados de Enderson Moreira partiram pra cima. No entanto, o Sport manteve-se fechado e, graças às defesas de Luan Polli, conseguiu segurar o resultado parcial.

SEGUNDO TEMPO

Precisando do resultado, o Ceará promoveu uma troca antes do início da etapa final. Colocando Mateus Gonçalves no lugar de Fernando Sobral, a ideia era ganhar poder ofensivo.

E a troca acabou surtindo efeito. Aos 13, Felipe Baxola, aproveitando passe de Leandro Carvalho, bateu de frente para o goleiro Luan para fazer. 1 a 1.

Logo em seguida, aos 15, o Ceará ainda teve um pênalti a seu favor, com a arbitragem marcando falta de Polli sobre Leandro Carvalho. No entanto, na cobrança outra vez ele, Baxola, acabou parando na defesa do camisa 1 do Leão, mantendo o placar igualado.

E o jogo estava agitado. Minutos depois, aos 19, foi a vez do time pernambucano ter a oportunidade de ficar à frente em uma penalidade dada pelo árbitro. E assim como a equipe local acabou errando, Hernane, de perna direita, também não converteu já que a bola explodiu na trave.

Ainda em ritmo acelerado, a reta final de jogo ganhou em emoção. Aos 40 minutos, em uma nova penalidade marcada, em jogada envolvendo Lucas Mugni e Leandro Carvalho, com direito a expulsão de Sóbis, que, por reclamação acabou recebendo o cartão vermelho, Ricardinho não quis saber e, deslocando o goleiro, marcou. 2 a 1.

Tentando ganhar algum tempo nos últimos instantes, Enderson chegou a promover uma alteração colocando Cristiano no lugar de Leandro Carvalho. Após a troca, o Vozão não quis saber de ser pressionado e, completamente fechado em seu campo de defesa, afastou todas as bolas que rondavam sua área até o apito final do árbitro.






















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também