Sondado por 7 grandes, Vina terá maior salário do Nordeste

Jorge Nicola
·1 minuto de leitura

Flamengo, Palmeiras, Inter, Grêmio, Corinthians, Santos e Fluminense. Estes foram os sete grandes clubes brasileiros que sondaram recentemente Vina, que vive a melhor fase da carreira. Mas a opção do meia-atacante foi por renovar contrato com o Ceará até dezembro de 2024.

"O Vina terá o maior salário do futebol nordestino e ganhará mais no Ceará do que qualquer outro clube do Sul ou Sudeste ofereceu", assegura um dos envolvidos na negociação, preferindo não revelar valores.

Leia também:

Até a renovação de Vina, o atleta mais bem pago do Nordeste era o centroavante Gilberto, que fatura R$ 500 mil mensais entre salários, direitos de imagem e prêmio pela assinatura do contrato.

Após aumentar os vencimentos de Vina, o Ceará conseguiu aumentar de forma considerável a multa rescisória de sua estrela, passando de 1,1 milhão de euros para 4 milhões de euros.

A estrutura do Ceará, o projeto de montar um time ainda mais forte em 2021 e a excelente relação de Vina com atletas, diretoria e torcedores foram fundamentais para o desfecho positivo nas negociações, que se arrastavam há semanas. O presidente Robinson de Castro e o diretor-executivo de futebol Jorge Macedo tiveram papel fundamental no acerto.

Além de segurar Vina, o Ceará ainda oficializou a chegada de outros cinco jogadores: o atacante Jael, o meia Marlon, o volante Willian Oliveira, o zagueiro Jordan e o goleiro João Ricardo. Já o zagueiro Brock, o goleiro Diogo SIlva e o lateral-direito Samuel Xavier estão de saída.