Vila Nova vence Náutico e foge do Z4 da Série B

·3 minuto de leitura


Nesta sexta-feira (10), o Vila Nova venceu o Náutico pela 23ª rodada da Série B. Em campo, o primeiro tempo foi agitado, com os visitantes sendo mais evolutivos no ataque, mas Clayton marcou para os mandantes no finalzinho. Na segunda etapa, o jogo ficou bem sonolento, sem grandes oportunidades.

Com a vitória, o Vila Nova sobe para a 14ª colocação, com 26 pontos, agora estando com três de vantagem para o Z4. Na próxima rodada, os goianos encaram o Coritiba, fora de casa, na sexta-feira (17), às 19h. Enquanto isso, o Timbu estaciona em 7º lugar, com 35 tentos e tentam a recuperação um dia depois, diante o Botafogo, às 16h30 (Todos os horários de Brasília).

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Timbu melhor, mas Vila é letal

O Náutico começou melhor e mais presente no campo de ataque, buscando o primeiro gol. Enquanto isso, o Vila Nova buscava os contragolpes e as bolas paradas. Assim, quase marcou com Alesson, que pegou.

Logo depois, Paiva pegou sobra e mandou para a área, mas Paiva bateu fraquinho. Em seguida, novamente o camisa 19 apareceu no ataque, após cruzamento de Luiz Henrique, o atacante se esticou todo, mas não marcou.

Novamente no ataque, o Timbu teve boa oportunidade com Djavan, de longe, mas Georgemy fez grande defesa. Na resposta, após cruzamento de Arthur Rezende, Donato quase marcou de cabeça. Em um belo contragolpe, no finalzinho da primeira etapa, Clayton foi lançado, arrancou na frente e cara a cara com o goleiro Alex Alves, não perdoou e marcou para o Vila Nova.

Jogo esfria

A segunda etapa foi menos movimentada, com as equipes errando muitos passes e concentrando as ações no meio-campo, não fazendo os goleiros trabalharem. O Vila Nova chegou com perigo em duas oportunidades com cruzamentos de Arthur Rezende. Um Rafael Ribeiro cortou mal e quase marcou contra, no outro, a bola passou na frente do gol.

Em um dos poucos lances de ataque pernambucano na segunda etapa, Jean Carlos tentou resolver sozinho e quase marcou um belo gol. Na reta final, Alan Grafite aproveitou desvio e acertou a trave, quase matando o confronto para os mandantes. Álvaro tentou o empate, mas ficou por isso mesmo.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
VILA NOVA 1 x 0 NÁUTICO
Local:
Estádio OBA, Recife-PE
Data/horário: 10 de setembro de 2021, às 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Raposo (DF)
Assistente 1: Lehi Silva (DF)
Assistente 2: Lucas Modesto (DF)
Árbitro de Vídeo (VAR): Rodrigo Miranda (RJ)
Gols marcados: Clayton (47'/1T) (1-0)
Cartões amarelos: Arthur Rezende, Dudu (Vila Nova), Rafael Ribeiro, Rhaldney, Matheus Trindade (Náutico)

NÁUTICO: Alex Alves; Hereda (Giovanny 17'/2T), Rafael Ribeiro, Camutanga e Bryan; Djavan (Matheus Trindade 20'/2T), Rhaldney (Juninho Carpina 35'/2T) e Jean Carlos; Luiz Henrique (Thássio 36'/2T), Vinícius e Paiva (Alvaro 18'/2T). Técnico: Marcelo Chamusca.

VILA NOVA: Georgemy; Moacir, Renato, Rafael Donato e Bruno Collaço; Pedro Bambu (Renan Mota 20'/2T), Dudu e Arthur Rezende (Alan Grafite 39'/2T); Alesson (Willian Formiga 40'/2T), Kelvin (Maná 21'/2T) e Clayton (Tiago Real 30'/2T). Técnico: Higo Magalhães.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos