Vidente artificial? Supercomputador prevê final da Copa do Mundo e crava vencedor

Emissora renovou agenda de programas para cobrir Copa do Mundo (Foto: Divulgação/ SC Qatar 2022)


"Argentina derrota Portugal nos pênaltis e se sagra tricampeã da Copa do Mundo!" Essa é a notícia que a BCA Research, fornecedora independente de pesquisa de investimento global, quer que saia nos jornais um dia após a decisão da competição mais importante do planeta. Isso se dá porque, de acordo com pesquisa da empresa, as duas equipes serão as finalistas e, comandados por Lionel Messi, os argentinos vencerão a seleção portuguesa de Cristiano Ronaldo na disputa por penalidades.

+ Confira fotos do hotel da Seleção Brasileira no Qatar

A empresa responsável pela pesquisa utilizou como base o nível e desempenho dos jogadores no jogo eletrônico FIFA e no estudo de 192 jogos de fase de grupos e 64 partidas na fase mata-mata nas Copas do Mundo de 2006 até 2018.

Contudo, a empresa alertou que as probabilidades de cravar a Argentina como campeã são baixas devido aos confrontos que pode realizar durante o mata-mata.

- Embora estejamos felizes com nossa escolha, a Argentina enfrentará muitos jogos acirrados ao longo do mata-mata, com a final sendo essencialmente um cara ou coroa. Assim, a probabilidade de ganhar a taça é de apenas 7%, mesmo como favoritos - destacou a BCA Research.

Na possível grande decisão entre Argentina e Portugal, os estudos determinaram o jogo como muito equilibrado, levando a partida para as penalidades.

Com base no desempenho neste modelo de disputa em Copas do Mundo, a Argentina levou a melhor - a seleção sul-americana venceu 4 de 6 disputas por penais na história da competição, já Portugal possui apenas uma disputa, nas quartas de final contra a Inglaterra, em 2006, e conquistaram a vaga para a semifinal.

A Copa do Mundo do Qatar se inicia no dia 20 de novembro e se encerra no dia 18 de dezembro. O time de Lionel Messi está no Grupo C ao lado de Arábia Saudita, México e Polônia. Já a equipe de Cristiano Ronaldo está no Grupo H com Uruguai, Gana e Coréia do Sul.