Victor reconhece ansiedade no Galo em conquistar o Brasileiro, mas pede 'pés no chão' até o fim do campeonato

·1 min de leitura


O Atlético-MG tem mais de 90% de chances de conquistar o título Brasileiro, que não vem para o clube há 50 anos. Mas, o torcedor e os jogadores querem conter a ansiedade que cerca o clube neste momento, para evitar frustrações.

Mesmo com uma campanha muito boa no momento, com 59 pontos, tendo perdido apenas dois, dos últimos 32 jogos disputados, o estilo mineiro desconfiado, impera no Galo.

Esse discurso de cautela é corroborado pelo ex-jogador do time e gerente de futebol alvinegro, Victor. Ele revelou que há sim uma ansiedade em vencer nacional. No caso de Victor, seria uma vitória a mais em seu rico currículo, pois defendendo o Atlético ficou perto da conquista por duas vezes, em 2012 e 2015, quando o time mineiro foi vice-campeão.

O Santo do Galo, contudo, espera que o elenco e comissão técnica mantenham os “pés no chão” para que o sonhado caneco vá para a galeria alvinegra. Confira nos vídeos o que disse Victor, que tamém relembrou conquista da Libertadores de 2013.

Rever recebeu do ex-colega de campo Victor a homenagem do Galo pelos 300 jogos
Rever recebeu do ex-colega de campo Victor a homenagem do Galo pelos 300 jogos

Victor, agora gerente de futebol, relembrou os tempos da Libertadores de 2013, quando esteve ao lado de Réver, que ainda está no elenco alvinegro-(Pedro Souza/Atlético-MG)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos