Vice-presidente do Vasco explica critérios para a presença da torcida em São Januário após 556 dias

·3 minuto de leitura


Após reunião, o Conselho Arbitral da CBF definiu que as partidas da 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro terão a presença do público. O Vasco terá pela frente o Cruzeiro, domingo, às 16h, em São Januário, e contará com o número de mil ingressos, privilegiando o seu sócio-torcedor. Em um vídeo divulgado pela VascoTV, o vice-presidente geral do clube carioca, Carlos Alberto Osório, explicou os critérios para


- A carga para este jogo é de apenas mil torcedores. Nós temos que lembrar que o Vasco apresentou um projeto detalhado, cumprindo todo regramento do município para as questões da Covid-19. Nós vamos fazer um evento teste para garantir a utilização futura de São Januário em cargas maiores. E optamos por mil ingressos para que nós não tenhamos nenhum tipo de risco, ao nosso torcedor e colaborador - disse o dirigente.

De acordo com o vice-presidente, o valor do ingresso será de R$ 250 e o clube irá privilegiar o seu sócio-torcedor. Na compra do ingresso, o torcedor terá o desconto de cada categoria de maneira on-line. Com isso, a ideia é que esse evento seja um teste para que gradativamente o número de torcedores aumente nos próximos jogos na Colina Histórica. As vendas serão totalmente on-line e começam já neste sexta-feira.

- A opção por mil ingressos é atendendo um pedido da prefeitura para que a gente passe no teste. A partir disso, nós já estaremos na segunda-feira, com o resultado do jogo de domingo, com todas as avaliações feitas, na solicitação ao poder público municipal para chegarmos ao limite permitido que é de 50%. A intenção é o aumento da cargo nos dois próximos jogos contra Goiás e Coritiba, que terão mais categorias de público e mais setores abertos, até chegarmos a 11 mil torcedores - frisou.

Por fim, Osório elucidou sobre os protocolos que devem ser atendidos para que o torcedor esteja no jogo deste domingo. Todos os mil sócio presentes passarão por teste de antígeno em um laboratório credenciado. Além disso, terão que estar em dia com carteira de vacinação.

- A prefeitura exige o seguinte como forma de protocolo. Todos os torcedores que vieram a São Januário terão, obrigatoriamente, que ter um teste de antígeno, realizado por um laboratório credenciado. É um teste obrigatório para todos aqueles que compram os ingressos. Primeira dica para o torcedor: ninguém sai correndo para fazer teste. Primeiro, você tem que ter o ingresso garantido, e com a comprovação, você vai ao laboratório credenciado (sábado 9h às 18h) ou domingo (9h às 12h), faz o teste, e acessa o jogo - disse, e emendou:

- Para fazer o teste é necessário que o torcedor leve o comprovante de vacinação. É necessário estar em dia com a carteira de vacinação... Não será permitido àquela pessoa que não estiver com a dose tomada referente à sua idade. É a regra da prefeitura e nós iremos cumprir a risca, pois o nosso interesse é garantir a segurança total para o torcedor vascaíno - finalizou.

Vale destacar que em virtude da pandemia global de Covid-19, a torcida do Vasco não comparece em São Januário desde o dia 12 de março de 2020. Na ocasião, 17 mil pessoas assistiram à derrota cruz-maltina para o Goiás pela Copa do Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos