Vice pela Ponte, Jonathan Cafu confia em título 'histórico' e Pottker decisivo

Atualmente no Ludogorets, atacante que foi destaque da Macaca em uma campanha que quase rendeu título, em 2014, acredita que tenha chegado a hora no Paulistão deste ano

A Ponte Preta contará com a torcida do atacante Jonathan Cafu na final do Campeonato Paulista diante do Corinthians. Jogador do clube paulista em 2014 e vice-campeão brasileiro da Série B, Cafu acredita que tenha chegado a hora da Macaca conquistar um título de relevância no futebol nacional.

- Devo muito à Ponte Preta, um clube que me recebeu muito bem. Fizemos uma grande Série B naquele ano e por pouco não fomos campeões. Consegui me destacar e, graças ao trabalho feito lá, fui para o São Paulo. Torço muito para que o clube conquiste esse título, que será histórico para todos que lá estão - disse o atacante, destaque da Série B de 2014 com seis gols em 32 partidas.

Naquele ano, aliás, a Ponte Preta terminou com 69 pontos, somente um a menos que o Joinville, que se sagrou campeão. Agora na torcida, Cafu também reforça os elogios ao atacante William Pottker, um dos artilheiros do Paulistão, e reitera a importância de se jogar no Moisés Lucarelli nesta decisão.

- Pottker é um grande artilheiro e vem provando isso. É um cara que tem representado muito bem a camisa da Ponte. Acredito que ele, como todo o time, dará muito trabalho ao Corinthians. O Moisés Lucarelli vira um caldeirão em jogos assim, pessoal da cidade apoia demais a equipe - completou o jogador.

Após a Série B com a Ponte Preta, Cafu defendeu o São Paulo e logo em seguida foi negociado com o Ludogorets, da Bulgária. Pela Liga dos Campeões, o atacante foi um dos artilheiros da equipe com quatro gols, um deles marcado diante do Arsenal (ING).







E MAIS: