Vice do Galo fala que comissão técnica de Sampaoli precisa ser avaliada pela nova diretoria

Valinor Conteúdo
·2 minuto de leitura


A derrota do Galo por 3 a 0 para o São Paulo repercutiu na diretoria do clube, com declarações públicas de cobrança inclusive. O vice-presidente Lásaro Cândido da Cunha foi às redes sociais e deu seu parecer sobre o desempenho do time e sugeriu que a nova diretoria, composta pelo presidente eleito Sérgio Coelho e pelo vice José Murilo de Procópio, façam uma avaliação atenta da comissão técnica alvinegra, capitaneada por Jorge Sampaoli.

-O comando técnico merece avaliação detalhada da nova administração; o futebol precisa de estabilidade e segurança, mas quem o detém tem que se submeter a cultura vencedora do clube, suas tradições, compartilhar decisões, corrigir erros etc Ninguém está acima do clube-disse Lásaro em sua conta no Twitter.

O treinador argentino tem contrato com o clube até o fim de 2021 e já tem a intenção do presidente eleito Sérgio Coelho de seguir contando com o trabalho do técnico.

O atual vice deixará o clube no fim do ano e revelou que recebeu convite da futura diretoria para seguir no Galo e falou que o novo comando possa fazer a correção de rota que for necessária.


CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE A

-De saída do Clube - saída que anunciei publicamente há 2 anos - deixei há alguns meses de ir ao CT, ver in loco os treinamentos, acompanhar de tudo perto etc. O clube já está em transição com a nova administração; o futebol precisa do olhar de perto e eventual correção de rotas. Vou avisar para alguns: tenho vários convites, inclusive da nova administração. Estou refletindo. Detalhe importante: quem acha que pode agredir, vaze logo senão será feito por aqui. Esse aí, por exemplo, o “vazei” antes dos 14 dias.. rs Bloqueado e livre!-disse, se referindo também a torcedores que foram pouco gentis na conversa com o dirigente.

Por fim, após diversas manifestações de torcedores que o criticaram, o atual vice falou:

-Quando deparo com agressões de “inocentes”e”oportunistas”, reflito se esses são ATLETICANOS de verdade... nessas horas, indago se valeu a pena nesses 12 anos ter perdido o sono, talvez uma parte da saúde, gasto minha inteligência para ajudar tirar o clube dos caos e depois (vir) a Libertadores, etc-concluiu.

A nova diretoria do Atlético-MG vai tomar posse no dia 4 de janeiro.