Vice em 2018, Croácia tenta repetir sucesso na Copa do Mundo do Qatar sob o comando de Modric


Após uma campanha histórica na Rússia em 2018, a Croácia está novamente no mata-mata na Copa do Mundo do Qatar. Nesta segunda-feira, a seleção croata enfrenta o Japão, a sensação da competição, às 12 (de Brasília), no Al Janoub Stadium, e confia em sua maior estrela para manter sonho de estar novamente em uma final: Luka Modric.

Na Rússia, Luka Modric foi o grande líder técnico da Croácia em campo, ao lado de Rakitic e Perisic, e ditou o ritmo de uma equipe que fez história. Em 2018, a seleção croata passou pela fase de grupos com 100% de aproveitamento, incluindo um sonoro 3 a 0 na Argentina de Lionel Messi. Nas oitavas, eliminou a Dinamarca nos pênaltis graças a uma grande atuação do goleiro Subasic. Nas quartas, bateu a Rússia, dona da casa, também nos pênaltis. Na semifinal, venceu na prorrogação a Inglaterra, uma das grandes favoritas, mas ficou com o vice após perder para a França.


Contudo, apesar da derrota na grande final, Luka Modric saiu do torneio como o melhor jogador da competição e, de quebra, foi eleito pela France Football e pela Fifa como o melhor jogador do mundo em 2018.

+ Atual vice-campeã, Croácia chega ao mata-mata da Copa do Mundo como incógnita

Depois de quatro anos e meio, Modric parece ter envelhecido como vinho. Com 37 anos de idade, o meio-campista parece ter melhorado com o tempo e continua sendo o comandante do time da Croácia. No Real Madrid, neste ciclo de Copa, venceu La Liga duas vezes e conquistou um título de Champions League, sendo protagonista nas três campanhas.

Luka Modric
Luka Modric

Luka Modric em campo pela Croácia na Copa do Mundo (Foto: CHANDAN KHANNA / AFP)


Apesar de estar em ótima fase, essa pode ser a última Copa do Mundo de Luka Modric. Por isso, o jogo desta segunda-feira significa muito para o meia e para a equipe croata como um todo. O técnico da Croácia, Zlatko Dalic, afirmou em coletiva que espera que a Copa do Qatar não seja o último torneio de Modric pela seleção.

+ Jogadores da Croácia confessam 'espanto' em enfrentar o Japão nas oitavas da Copa do Mundo

- O que quer que eu diga sobre Luka, é muito pouco. Que Deus lhe dê saúde, e que dure mais tempo. Espero que esta não seja sua última competição pela Croácia. Seu físico, treinamento, trabalho e profissionalismo provam que estamos certos. Ele é um jogador espetacular e muito importante para nós - disse Dalic.

+ Técnico da Croácia prega respeito ao Japão antes das oitavas da Copa do Mundo: 'Não podemos subestimar'

Por Luka Modric e por todo um país, a seleção croata terá a chance de dar um passo a mais na Copa do Mundo em caso de vitória frente ao Japão, nesta segunda-feira. Com toda classe e categoria, o camisa 10 e capitão será a grande referência da equipe e resta saber se conseguirá comandar a Croácia novamente ao grande palco do futebol mundial.