Viñales puxa trinca da Yamaha no dia 2 de testes em Valência. Álex Márquez é 20º

JULIANA TESSER

Maverick Viñales manteve a Yamaha no topo da tabela de tempos no segundo e último dia de testes da MotoGP em Valência. Tal qual aconteceu no dia inicial de atividades, a Yamaha dominou o top-3 nesta quarta-feira (20).

Como vem acontecendo desde a semana passada, o frio se fez presente nesta quarta-feira, o que fez com que os trabalhos tardassem a engrenar. O dia, porém, não passou livre de problemas, já que a bandeira vermelha teve de ser acionada por conta de um incêndio na Aprilia de Andrea Iannone.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Maverick Viñales (Foto: Yamaha)


Paddockast #42

QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM






Testando um novo motor e um novo chassi, Viñales completou um total de 67 voltas nesta quarta e, com a melhor delas em 1min29s849, garantiu o top da tabela com 0s164 de margem para Fabio Quartararo, o segundo colocado. 0s101 mais lento que o companheiro de equipe, Franco Morbidelli completou o top-3.

Melhor Honda. Cal Crutchlow anotou 1min30s316 e ficou com o quarto posto, à frente de Joan Mir e Álex Rins, que completa um top-6 afastado por 0s654.

Com um total de 71 voltas nesta quarta, Marc Márquez ficou com o sétimo tempo, 0s707 mais lento que Viñales. O #93, aliás, rodou junto com o irmão na pista neste segundo dia. Álex completou 79 voltas e ficou com o 20º tempo, 2s386 atrás do ponteiro.

Líder da KTM, Pol Espargaró ficou em oitavo, 0s096 à frente de Valentino Rossi, que nesta semana estreia um novo chefe de equipe na Yamaha. Jack Miller completa a lista dos dez melhores.

Testando pela Tech3, Dani Pedrosa fez a melhor de suas 48 voltas em 1min31s470 e ficou com o 14º tempo, 0s045 melhor que Iker Lecuona, recém-chegado da Moto2 ao time de Hervé Poncharal.

Também novato, Brad Binder foi um dos poucos que permaneceu na pista até a bandeirada, mas acabou mesmo com o último tempo, 2s518 atrás de Quartararo. 


MotoGP 2019, Valência, Teste coletivo, Dia 2:


1

M VIÑALES

Yamaha

1:29.849

 

56

67


2

F QUARTARARO

SIC Yamaha

1:30.013

+0.164

42

64


3

F MORBIDELLI

SIC Yamaha

1:30.114

+0.265

50

52


4

C CRUTCHLOW

LCR Honda

1:30.316

+0.467

59

73


5

J MIR

Suzuki

1:30.427

+0.578

54

61


6

A RINS

Suzuki

1:30.503

+0.654

54

57


7

M MÁRQUEZ

Honda

1:30.556

+0.707

53

71


8

P ESPARGARÓ

KTM

1:30.685

+0.836

12

46


9

V ROSSI

Yamaha

1:30.781

+0.932

55

68


10

J MILLER

Pramac Ducati

1:30.854

+1.005

57

59


11

A DOVIZIOSO

Ducati

1:31.143

+1.294

37

42


12

T RABAT

Avintia Ducati

1:31.258

+1.409

62

63


13

M PIRRO

Ducati

1:31.424

+1.575

31

40


14

D PEDROSA

Tech3 KTM

1:31.470

+1.621

28

48


15

I LECUONA

Tech3 KTM

1:31.515

+1.666

10

57


16

A ESPARGARÓ

Aprilia Gresini

1:31.526

+1.677

22

43


17

K ABRAHAM

Avintia Ducati

1:31.597

+1.748

53

59


18

S BRADL

Honda

1:31.657

+1.808

29

54


19

A IANNONE

Aprilia Gresini

1:31.800

+1.951

36

38


20

Á MÁRQUEZ

Honda

1:32.235

+2.386

52

79


21

B SMITH

Aprilia Gresini

1:32.249

+2.400

26

32


22

B BINDER

KTM

1:32.367

+2.518

61

66


23

M KALLIO

KTM

 

 

 

 


24

D PETRUCCI

Ducati

 

 

 

 






Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.






Leia também