Viñales cai e Márquez vence o GP das Américas pela quinta vez seguida

Marc Márquez segue imbatível no GP das Américas. Neste domingo, o espanhol da Honda foi à pista no circuito de Austin para manter seu domínio e conseguiu cruzar a linha de chegada em primeiro para vencer a etapa pela quinta vez consecutiva na MotoGP. Completando a prova logo na sequência, Valentino Rossi, da Yamaha, ficou com a segunda posição, enquanto Dani Pedrosa, da Honda, fechou na terceira colocação.

O espanhol Maverick Viñales, que havia vencido as duas primeiras etapas e largado na segunda posição, acabou caindo de sua moto Yamaha sozinho na segunda volta, e teve que abandonar a corrida, saindo zerado da etapa e deixando caminho livre para que seu compatriota conquistasse a primeira vitória no ano.

Com a boa corrida realizada e se aproveitando da queda de Viñales, Valentino Rossi assumiu a liderança da temporada 2017 da Moto GP.

A próxima etapa da MotoGP será no Circuito de Jerez, no Grande Prêmio da Espanha. A disputa, que será realizada no final de semana do dia 7 de maio, marcará o início da fase europeia da categoria.

A corrida – Apesar de largar na pole position, Marc Márquez não teve tranquilidade para vencer a prova. Logo nos primeiros segundos, Dani Pedrosa se aproveitou de uma boa largada e assumiu a liderança na primeira curva.

Com isso, Márquez caiu para a segunda posição, Rossi foi para terceiro e Viñales ficou na quarta colocação. O quarto lugar no início da corrida, porém, não foi a pior decepção do espanhol da Yamaha nesta tarde. Logo na segunda volta, ele acabou caindo sozinho de sua moto e foi obrigado a abandonar a prova.

A liderança de Pedrosa, porém, durou apenas até 14 voltas do término da corrida, quando Márquez conseguiu retomar a ponta após uma sequência de curvas.

A partir daí, Márquez liderou tranquilo e a principal preocupação de Pedrosa passou a ser a manutenção da segunda posição. O espanhol da Honda, porém, não conseguiu segurar Valentino Rossi e acabou sendo ultrapassado a três voltas do fim.

Rossi, que havia sido punido em 0.3s por levar vantagem ao sair da pista durante uma disputa por posições, ainda conseguiu ampliar seu tempo e, mesmo com a sanção recebida, conseguiu terminar a prova com o números necessários para garantir a segunda posição.

Com isso, Márquez encerrou a corrida na liderança com tranquilidade, Rossi veio na sequência para garantir a segunda posição e a liderança do campeonato, e Pedrosa fechou o pódio na terceira colocação.

Confira a classificação final do GP das Américas:

1º Marc Márquez (Honda) – 43min58s770

2º Valentino Rossi(Yamaha) – +3s069

3º Dani Pedrosa (Honda) – +5s112

4º Cal Crutchlow(Honda) – +7s638

5º Johann Zarco(Yamaha) – +7s957

6º Andrea Dovizioso(Ducati) – +14s058

7º Andrea Iannone(Suzuki) – +15s491

8º Danilo Petrucci(Ducati) – +16s772

9º Jorge Lorenzo(Ducati) – +17s979

10º Jack Miller(Honda) – +18s494

11º Jones Folger(Yamaha) – 18s903

12º Scott Redding(Ducati) – +28s735

13º Tito Rabat(Honda) – +30s041

14º Hector Barbera(Ducati) – +31s364

15º Alvaro Bautista(Ducati) – +1min06s547

16º Bradley Smith(KTM) – +1min22s090

17º Aleix Espargaro(Aprilia) – 2 voltas

Não completaram

Sam Lowes(Aprilia) – 10 voltas

Pol Espargaro(KTM) – 12 voltas

Loris Baz(Ducati) – 13 voltas

Maverick Viñales (Yamaha) – 20 voltas

Karel Abraham(Ducati) – 20 voltas