Vettel explica cantoria em adeus à Ferrari na F1: "Gratidão à equipe"

Jonathan Noble
·3 minuto de leitura

Tetracampeão mundial da Fórmula 1 e confirmado na Aston Martin/Racing Point para 2021, Sebastian Vettel se despediu da Ferrari no GP de Abu Dhabi de 2020 e usou o rádio para homenagear a escuderia italiana, cantando uma música.

O editor recomenda:

Tsunoda é confirmado pela AlphaTauri e Japão volta a ter piloto na F1 F1: Tsunoda foi cotado como companheiro de Verstappen na Red Bull já para 2021 Veja como está o mercado da F1 para 2021 após confirmação de Tsunoda Entenda como a Red Bull espera seguir com motores Honda na F1 2022 F1: Pai de Mazepin perde 'guerra' com Lawrence Stroll pela Racing Point

Após corrida deste domingo em Yas Marina, o piloto alemão explicou mais detalhes sobre a canção. Antes de mostrar seu talento, Vettel disse à Ferrari: “Vocês sabem que às vezes eu gosto de cantar, então pensei em cantar pela última vez uma música para vocês”.

Em seguida, puxando uma folha de papel com algumas letras que havia escondido em seu cockpit, o tetracampeão cantou no ritmo de uma famosa canção italiana da década de 1960, Azzurro. Veja a tradução e confira o momento no vídeo abaixo:

Vocês são o time vermelho

Você são apaixonados

Vocês nunca vão se render

A minha 'parada' está chegando

Mas adorei estar com vocês

Senti sua magia, uma sensação extraordinária

Agradeço por me receberem

Vou sentir saudades de todos vocês

Saudações a todos em Maranello,

Vocês merecem

E agora eu vou dizer adeus, mas desejo a vocês tudo de melhor

Desejo que sejam felizes, mas, acima de tudo, que sejam saudáveis

Depois das atividades de pista em Abu Dhabi, Vettel disse: “Obviamente, tive muitos altos com toda a equipe. Mas, toda vez em que estava realmente empolgado, por algum motivo, comecei cantar."

“Então eu acho que foi uma maneira legal, pela última vez, de cantar novamente. E obviamente a música que deixo para eles é uma música italiana muito, muito popular, Azzurro, de Adriano Celentano."

“Eu mudei a letra, então espero não ter problemas com direitos autorais. Mas, sim, acho que foi uma boa maneira de expressar a gratidão pela equipe", afirmou o alemão, que chegou à Ferrari em 2015.

Vettel recebeu aplausos de sua equipe ao deixar a garagem pela última vez em Yas Marina e mais tarde foi presenteado com um enorme troféu. O tetracampeão mundial falou sobre as homenagens.

“Eu fiquei surpreso. Obviamente, nunca tinha terminado em 14º e conquistado um troféu", brincou o piloto, fazendo menção à posição de chegada em Abu Dhabi. "Portanto, com certeza será uma boa lembrança."

“Também havia uma placa na frente [da garagem] com todas as nossas vitórias. Este ano foi, de certa forma, uma reflexão total do ótimo momento que passei com a equipe", completou o competidor germânico.

Pérez já estaria com contrato feito para correr pela Red Bull em 2021; entenda o caso

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Como ficará marcada a temporada de 2020 da F1?

Your browser does not support the audio element.

.