Vettel começa na frente e é o mais rápido em treinos livres no Bahrein

JULIANNE CERASOLI

MANAMA, BAHREIN (UOL/FOLHAPRESS) - Não foi uma sessão totalmente tranquila, mas Sebastian Vettel liderou a sexta-feira (14) de treinos livres para o GP do Bahrein, terceira etapa do campeonato da Fórmula 1. O alemão chegou a sofrer um 'apagão' em sua Ferrari no meio do treino, mas voltou rapidamente e fez o tempo mais rápido, a exemplo do que aconteceu na primeira sessão.

Depois de ter um desempenho discreto no treino inicial, a Mercedes voltou a frequentar as primeiras posições, com Valtteri Bottas em segundo e Lewis Hamilton em quinto. Nas simulações de corrida, importantes no último treino disputado com condições de pista similares à classificação e à corrida, que serão disputados ao entardecer em Manama, Ferrari e Mercedes estiveram igualadas, mas com um detalhe: o time italiano é mais rápido no setor do meio, com mais curvas e que exige mais da aerodinâmica, enquanto os alemães são melhores nas retas.

Na Williams, Felipe Massa ficou com a sétima colocação e aparentou não ter ritmo para acompanhar as Red Bull neste GP, tentando firmar-se como a quarta força em uma prova na qual outros times do meio do pelotão parecem ter melhorado seu rendimento.

Daniel Ricciardo mostrou que a Red Bull não está muito atrás da briga entre Mercedes e Ferrari e fechou os treinos livres na terceira colocação, enquanto Max Verstappen foi o oitavo. Kimi Raikkonen foi o quarto e Nico Hulkenberg foi o 'intruso' no top 8, com a Renault.

Os carros ainda voltam à pista para a última sessão de treinos livres no sábado (15), a partir das 9h pelo horário de Brasília. Porém, a pista deve estar bem mais quente e os resultados não serão tão significativos quanto os do segundo treino de sexta. Para quem decidir fazer grandes mudanças no carro de um dia para o outro, a hora da verdade será na classificação, que começa ao meio-dia, mesmo horário da corrida, no domingo (16).

Confira a classificação final do treino:

1- Vettel; 2- Bottas; 3- Ricciardo; 4- Raikkonen; 5- Hamilton; 6- Hulkenberg; 7- Massa; 8- Verstappen; 9- Grosjean; 10- Kvyat; 11- Magnussen; 12- Ocon; 13-

Palmer; 14- Alonso; 15- Perez; 16- Stroll; 17- Ericsson; 18- Sainz; 19- Wehrlein; 20- Vandoorne.