Vettel celebra pole, vê melhora no carro e prevê corrida disputada

Neste sábado, Sebastian Vettel conquistou a pole position do Grande Prêmio da Rússia, quarta prova do Mundial de 2017 da Fórmula 1. O tempo mais rápido do alemão colocou a Ferrari de volta ao primeiro lugar do grid depois de quase dois anos. Além disso, como Kimi Raikkonen largará em segundo, a escuderia italiana conseguiu uma dobradinha que não acontecia há 127 corridas, desde 2008. Por isso, o tetracampeão está mais do que satisfeito com a performance.

“Sabia que ia ser muito apertado, e assim que acabou a volta eu estava na dúvida se estava em primeiro ou não. Então eu liguei o rádio e perguntei para a equipe se tinha feito o melhor tempo e sobre os setores dos outros pilotos. Depois que eu recebi a confirmação, eu me senti na lua”, declarou o Sebastian em coletiva após o treino.

Vettel ainda destacou o bom desempenho da Ferrari em corridas, visto que ele ganhou duas das três provas até o momento. Além disso, espera levar essa motivação e excitação para o GP da Rússia, que acontece neste domingo, às 9 horas (de Brasília).

“A gente começou o ano muito bem. A Mercedes vem sendo muito forte na classificação, mas nas corridas os nossos carros têm se portado bem. A gente conseguiu melhorar o carro para esta corrida, e tenho certeza de que vai ser uma disputa muito equilibrada. Estamos muito felizes, estamos de volta. Vamos tentar levar essa motivação para a corrida”, continuou.

Por fim, Vettel exaltou o trabalho da equipe, que melhorou o carro para a Rússia. Além disso, destacou a chance de largar ao lado do companheiro de equipe, e não escondeu a satisfação pelo resultado.

“Tenho que agradecer muito à equipe, pois o carro estava fenomenal. É um prazer e um privilégio sentar nesse carro e tentar levá-lo ao limite. Ter os dois pilotos na primeira fila é um esforço de toda a equipe e é um passo importante. Estou muito orgulhoso”, finalizou Sebastian.