'Veta, governador!': Cariocas pedem veto do projeto que muda nome de estádio do Maracanã para Rei Pelé

LANCE!
·3 minuto de leitura

Após a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) aprovar o projeto que muda o nome do Maracanã de Estádio Jornalista Mário Filho para Estádio Edson Arantes do Nascimento - Rei Pelé, diversos cariocas foram as redes para protestar contra a decisão. Os internautas pedem que o Governador em exercício Claudio Castro vete o projeto e mantenha o nome da arena. A hashtag #vetagovernador entrou nos assuntos mais comentados do Twitter.

- Mário Filho foi o maior entusiasta do esporte no Rio de Janeiro. Foi o maior propulsor do futebol carioca. Idealizou a crônica esportiva. Criou as olimpíadas escolares. Lutou pela construção do Maracanã e criou a competição entre as escolas de samba - disse um internauta que relembrou um pouco da trajetória do jornalista que dá nome ao estádio. 

Leia também:

- Governador Claudio Castro, está nas suas mãos apagar uma das páginas da história do Rio. Quer dar o nome do Pelé? Dê ao complexo esportivo. E deixe o Mario Filho no Maraca, sem mexer no letreiro. Ao lado de Célio de Barros, Júlio de Lamare e Gilberto Cardoso - disse outro que relembrou os nomes dados às outras estruturas esportivas que fazem parte do complexo.

- Gigante Pelé, por favor, interceda junto aos energúmenos da ALERJ e permita que o Maracanã siga com o nome que lhe foi dado: Jornalista Mário Filho. Ajude a manter a história viva. Você é eterno - disse um internauta que implorou a ajuda de Pelé. 

Veja abaixo esses e outros tuítes da #vetagovernador.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Antes da hashtag ganhar força, o repórter do grupo Globo Eric Faria também se posicionou contra a mudança do nome do estádio e declarou que os deputados deviam ter vergonha de realizar esta votação em meio a pandemia do Covis-19. 

No texto aprovado pelos deputados, o complexo poliesportivo do Maracanã, que conta com o estádio de futebol, o Maracanãzinho, o parque aquático Júlio Delamare e o estádio de atletismo Célio de Barros, passaria a se chamar Complexo Mário Filho, para continuar homenageando o jornalista. Já o campo passaria a se chamar Estádio Edson Arantes do Nascimento - Rei Pelé, com a proposta de homenagear o ídolo do futebol ainda em vida. 

​O estádio do Maracanã tem seu nome em homenagem ao jornalista esportivo Mário Filho, que fez campanha pela construção da arena para a Copa do Mundo de 1950, no Brasil. Os torcedores cariocas chamam o campo apenas de "Maracanã" por causa da região que ele se encontra na cidade.