Verthein encerra as Olimpíadas com melhor resultado do Brasil no skiff simples, mas lamenta: 'Queria mais'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Nesta sexta-feira, o brasileiro Lucas Verthein se despediu dos Jogos Olímpicos de Tóquio na 12º colocação. O remador ficou em quinto na semifinal do skiff simples, com tempo de 7m02s87, e, assim, não garantiu vaga para a final. Mesmo assim, o atleta do Botafogo fez a melhor campanha da história do Brasil na categoria nas Olimpíadas.

> Brasil avança no vôlei, mas cai no futebol feminino: veja o resumo do dia

Apesar do feito, pelas rede sociais, Verthein lamentou não ter conseguido ir além na competição. Por outro lado, ele agradeceu o carinho dos fãs e destacou que o remo ainda dará muitas alegrias ao Brasil.

- Fecho minha primeira Olimpíada com o melhor resultado do Skiff do Brasil em 100 anos. Queria mais. Por todo mundo que torceu, apoiou e empurrou meu barco. Senti a energia aqui. Obrigado! O remo ainda vai dar alegrias ao Brasil. Essa torcida merece! Vocês são meu time. Vamos chegar lá - publicou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O remador Stefanos Ntouskos, da Grécia, bateu o recorde olímpico para sagra-se campeão da modalidade. Ele terminou a prova com 6m40s45. O norueguês Kjetil Borch e o croata Damir Martin fechara o pódio ao conquistaram a prata e o bronze, respectivamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos