Verstappen sobre pódio: “Acho que terminamos onde merecíamos”

·2 minuto de leitura

conquistou seu 40º pódio na Fórmula 1 ao terminar o GP de Portugal na terceira colocação, atrás apenas dos dois carros da Mercedes. O piloto da Red Bull teve uma largada complicada, mas diz que manteve a calma para retomar as posições e terminar no mesmo lugar que largou, em terceiro.

Com problemas de aderência na pista, Verstappen chegou a cair para a quinta colocação. “A aderência era muito baixa. Eu apenas tentei ficar longe de problemas, é claro”, disse o holandês, terceiro colocado no campeonato com 162 pontos.

Leia também:

Hamilton vence em Portugal e supera recorde de Schumacher na F1 F1: Bottas não entende falta de ritmo após boa primeira volta

“Tive um pequeno toque com Pérez, mas ele não me deu espaço suficiente, então basicamente saiu sozinho. A partir daí começou a chover um pouco, então tentei manter o carro na pista e quando tudo estabilizou, ultrapassei os carros da McLaren, eles tinham muita aderência na primeira volta, não sei como”.

“Então fiz minha própria corrida, acho que tive bom ritmo quando passei para os pneus médios, mas é claro que quando a diferença já é tão grande você não pode fazer nada”.

, mas a clara vantagem de ritmo dos carros alemães tornam a missão do piloto da Red Bull praticamente impossível. O jovem piloto avaliou que a escolha de pneus para a corrida deste domingo foi certa.

“Sim, mas também quero dizer que eles colocaram o pneu duro, acho que aquele composto não foi incrível. Hoje penso que o pneu médio foi definitivamente o melhor”, disse Verstappen, que venceu uma vez na temporada, no GP do 70º aniversário, em Silvertone.

“Portanto, não teria importância se eu tivesse começado nos médios porque eu teria perdido tempo se colocasse os duros após a parada. Então, no geral, acho que terminamos onde merecíamos”, completou.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Neste fim de semana, a F1 visita Portimão, para o GP de Portugal. E uma equipe que vem se destacando na temporada 2020 é a Renault, que vem mostrando muita consistência, com Daniel Ricciardo entre os seis primeiros nas últimas quatro provas. Pode ser uma boa aposta para o fim de semana hein? Quer saber mais? Confira o ThePlayer.com e não perca nada!

PÓDIO: Hamilton deixa Schumi para trás e chega à vitória 92; o debate sobre o agitado GP de Portugal

PODCAST: O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

Your browser does not support the audio element.