Verstappen se desculpa com povo brasileiro após polêmica com Massa

Max Verstappen teve sua atitude duramente criticada por Felipe Massa (AP)

O fim de semana foi agitado na Fórmula 1. Além do Grande Prêmio do Bahrein, vencido por Sebastian Vettel neste domingo, outro ponto que chamou a atenção foi polêmica envolvendo Felipe Massa e Max Verstappen. Após a repercussão negativa do caso, o holandês se retratou, e pediu desculpas ao povo brasileiro.

Após a realização do treino classificatório no sábado, Verstappen, que conseguiu a sexta colocação no grid de largada, declarou que Massa o atrapalhou na sua última tentativa de abrir volta rápida, o que poderia ter feito o holandês largar em uma posição melhor. Além disso, o piloto da Red Bull finalizou as reclamações sobre o Felipe dizendo que não conversaria com ele. “Bom, ele é brasileiro, então não há muito o que falar”, disse Max.

A declaração não foi bem recebida por Massa, que, em entrevista ao UOL Esporte, afirmou que conversou com Verstappen, e pediu para o jovem piloto de 19 anos pensar mais nas palavras. “Eu falei com ele hoje: ‘Tome cuidado com o que fala, porque vai ter que ir ao Brasil para correr lá. Cuidado com o que você fala’. Não foi certo falar dos brasileiros sem realmente saber do que estava falando”, disse Felipe.

Diante da repercussão negativa, Verstappen utilizou uma rede social para esclarecer a história e pedir desculpas ao povo brasileiro, dizendo que sua fala foi tirada de contexto e que tem um carinho especial pelo Brasil, ainda mais pelo resultado de 2016, quando terminou em terceiro.

“Sinto que preciso esclarecer minhas falas após o treino classificatório deste fim de semana. Sendo um piloto movido pela paixão, fiquei decepcionado com minha última volta e tive uma reação emocional que foi tirada de contexto. De modo algum quis insultar o povo brasileiro, que eu respeito muito e que sempre me trata muito bem quando eu visito o País”, escreveu.

Além disso, Verstappen lembrou grandes pilotos do Brasil que estão gravados na história da Fórmula 1, e se desculpou com todos os brasileiros. Além disso, o holandês disse que está ansioso para correr em Interlagos. O GP do Brasil acontece no dia 12 de novembro.

“Um dos destaques da minha carreira foi o GP do Brasil o ano passado, e foi muito especial fazer isso em um País que teve lendários pilotos, como Senna, Fittipaldi e Piquet. Gostaria de pedir desculpas a todos os brasileiros que se sentiram ofendidos, e estou ansioso para correr no País deles novamente”, finalizou.