Verstappen assume a liderança da F1 com vitória na Espanha, agonia para Leclerc

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Alan Baldwin

BARCELONA (Reuters) - O campeão mundial de Fórmula 1, Max Verstappen, venceu o Grande Prêmio da Espanha, com uma dobradinha da Red Bull neste domingo, e assumiu a liderança do Mundial de Pilotos do azarado Charles Leclerc, da Ferrari, que abandonou a prova após uma falha em seu motor no momento em que liderava.

O mexicano Sergio Pérez terminou em segundo lugar, 13 segundos atrás, mas com o ponto de bonificação por ter feito a volta mais rápida, após ser ordenado a deixar o seu companheiro passar para chegar à terceira vitória seguida, depois de Imola e Miami.

O piloto holandês de 24 anos agora tem seis pontos a mais que Leclerc, após vencer quatro das seis corridas - todas que ele conseguiu terminar.

O britânico George Russel ficou em terceiro lugar com uma ressuscitada Mercedes, após ficar roda a roda com Verstappen mais cedo na corrida, em uma exibição emocionante de pilotagem defensiva na briga pelo segundo lugar atrás de Leclerc.

Carlos Sainz da Ferrari foi quarto colocado, após se recuperar de um começo ruim, mas foi pouca recompensa para uma equipe que havia trazido melhoras para tentar virar a mesa contra a Red Bull.

Leclerc liderava confortavelmente, após ter largado na pole position, mas uma brusca queda de potência antes da metade da prova o levou a abandonar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos