#Verificamos: Mulher que hostilizou Bolsonaro em aeroporto não é filha de Lula

Yahoo Notícias
Mulher que hostilizou Bolsonaro em aeroporto não é filha de Lula - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Mulher que hostilizou Bolsonaro em aeroporto não é filha de Lula - Foto: Reprodução/Redes Sociais

por CHICO MARÉS

Circula nas redes sociais um vídeo no qual uma mulher, bastante alterada, tenta interagir com o presidente Jair Bolsonaro em um aeroporto. Após negativa, ela começa a ofender o presidente. Na legenda, é informado que a mulher é “filha de Lula”. Por meio do ​projeto de verificação de notícias​, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da ​Lupa:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Mulher que hostilizou Bolsonaro em aeroporto não é filha de Lula - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Mulher que hostilizou Bolsonaro em aeroporto não é filha de Lula - Foto: Reprodução/Redes Sociais

“FILHA DO LULA NO AEROPORTO BÊBADA ENCONTRA COM PRESIDENTE BOLSONARO 😂😅🤣🤳”
Legenda de vídeo publicado no Facebook que, até as 19h30 do dia 23 de janeiro de 2020, tinha sido compartilhado por mais de 200 pessoas

A mulher que aparece no vídeo analisado pela Lupa não é filha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ex-presidente é pai de cinco filhos, dos quais apenas uma, Lurian Lula da Silva, é mulher. É possível reparar que Lurian não tem qualquer semelhança física com a mulher que aparece no vídeo.

O vídeo original foi publicado pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) em seu canal no YouTube, no dia 3 de julho de 2018 (ver a partir dos 50 segundos). Nas cenas, a mulher não identificada, nitidamente alterada, aparece ofendendo o então candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (então filiado ao PSL) em um aeroporto. 

Este boato já circula desde julho de 2018, e foi desmentido, à época, pela Veja, pelo Estadão Verifica e pelo Boatos.org. O vídeo voltou a circular em janeiro de 2020.

Nota:‌ ‌esta‌ ‌reportagem‌ ‌faz‌ ‌parte‌ ‌do‌ ‌‌projeto‌ ‌de‌ ‌verificação‌ ‌de‌ ‌notícias‌‌ ‌no‌ ‌Facebook.‌ ‌Dúvidas‌ sobre‌ ‌o‌ ‌projeto?‌ ‌Entre‌ ‌em‌ ‌contato‌ ‌direto‌ ‌com‌ ‌o‌ ‌‌Facebook‌.

Leia também