Verdão chia, mas Bragantino pega Timão no Pacaembu 'para sobreviver'

Yago Rudá
LANCE!
Pacaembu já foi considerado a casa do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians_

Verdão chia, mas Bragantino pega Timão no Pacaembu 'para sobreviver'

Pacaembu já foi considerado a casa do Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians_

O Bragantino jogará como mandante a ida das quartas de final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians, no Pacaembu, às 11h deste domingo. Uma decisão que causou reclamações dos outros clubes grandes, principalmente o Palmeiras, segundo o presidente do time do interior, Marco Abi Chedid. Mas o foco está na sobrevivência financeira, segundo o dirigente.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

- Como um clube de futebol sobrevive hoje? Com a renda e cotas de televisão. Não tem outra renda. Venda de jogador e de mandos de jogo não tem. Se vocês analisarem o público do Bragantino no Campeonato Paulista, vão analisar isso. Vamos trazer o nosso torcedor e dar transporte para ter a média que temos sempre. Precisamos buscar o resultado financeiro.

- Foi uma decisão clara e assumida do Bragantino. Pelo equilíbrio financeiro, vamos disputar a Série C do Brasileiro sem nenhum apoio. Acabo o Paulista agora e, depois, terei seis meses disputando a Série C sem recurso nenhum, sem televisão, verba nem nada. Tem de ver onde aperta o calo de cada um. Hoje, o calo do Bragantino aperta na parte financeira - disse o dirigente.

- (Os outros clubes grandes) Chiaram. O Palmeiras chiou mais, evidentemente, pelo desequilíbrio do campeonato. Mas isso não está no regulamento porque há possibilidade. O Santos teve o privilégio de jogar em São Paulo e beneficiar sua torcida. Precisa ter isso. O clube vai sobreviver financeiramente porque, no final do mês, tem de pagar suas contas - prosseguiu.

Ainda não foram definidos os valores dos ingressos, mas a renda desse jogo de ida será toda do Bragantino, que ficará com apenas 2 mil lugares à disposição de seus torcedores e promete financiar o transporte deles para a viagem de cerca de 90 km de Bragança Paulista a São Paulo. Mas a expectativa declarada de Chedid é que os corintianos encham o estádio.

- Serão 2 mil ingressos para o Bragantino. Ainda vamos definir o valor dos ingressos. Mas, como o jogo é domingo de manhã, sem televisão aberta, teremos bom público e queremos bater o recorde de público no Pacaembu - comentou, sem esperar reclamação de sua torcida.

- O torcedor do Bragantino vai entender porque quer a continuidade do clube. Quantos clubes sofrem financeiramente aí? Hoje, brigamos pela sobrevivência financeira, esse é o momento do Bragantino. Temos de pensar no equilíbrio financeiro. Você faz uma loucura e o clube, daqui 60 dias, está com ação e problemas. Vamos trazer nosso torcedor, e o torcedor entende isso - assegurou, mantendo o otimismo.

- O Bragantino jogou uma vez pela Copa do Brasil contra o Corinthians, no Mato Grosso, foi lá e ganhou de 1 a 0. E vou jogar melhor no Pacaembu. O Bragantino tem muita sorte no Pacaembu.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

E MAIS:

Leia também