Venezuela vence Chile e conquista primeira vitória nas Eliminatórias para a Copa de 2022

·1 minuto de leitura
Lance da partida entre Venezuela e Chile pela quarta rodada das Eliminatórias sul-americanas paa a Copa do Mundo de 2022
Lance da partida entre Venezuela e Chile pela quarta rodada das Eliminatórias sul-americanas paa a Copa do Mundo de 2022

Após três derrotas seguidas, a Venezuela conquistou sua primeira vitória nas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022 ao vencer o Chile por 2 a 1 nesta terça-feira, .

Pela quarta rodada do torneio classificatório para o Mundial do Catar, os venezuelanos abriram o placar no Estádio Olímpico da UCV, em Caracas, numa cabeçada de Luis Mago (9).

Pouco depois, Arturo Vidal aproveitou um rebote e empatou para os visitantes (15), que viram a equipe venezuelana decretar a vitória no final do segundo tempo, com Salomón Rondón completando um cruzamento de Yeferson Soteldo (84).

Com este resultado, o combinado dirigido pelo português José Peseiro alcança os primeiros três pontos nesta edição das Eliminatórias, após as derrotas para Colômbia (3-0), Paraguai (0-1) e Brasil (1-0) nas três rodadas anteriores.

- Ficha técnica da partida válida pela quarta rodada das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022.

Venezuela - Chile 2 - 1 (1-1)

Estádio: Olímpico de la UCV (Caracas)

Árbitro: Patricio Loustau (ARG)

Gols:

Venezuela: Luis Mago (9), Salomón Rondón (84)

Chile: Arturo Vidal (15)

Cartões amarelos:

Venezuela: Luis Mago (88)

Chile: Guillermo Maripan (8), Mauricio Isla (46)

Equipes:

Venezuela: Wuilker Faríñez - Alexander González, Wilker Ángel, Yordan Osorio, Luis Mago (Oscar Conde, 90) - Junior Moreno, Yangel Herrera, Cristian Cásseres Jr (Romulo Otero, 78) - Darwin Machis (John Chancellor, 90+1), Jefferson Savarino (Yeferson Soteldo, 70), José Salomón Rondón. T: José Peseiro.

Chile: Claudio Bravo - Guillermo Maripan, Mauricio Isla, Paulo Díaz, Jean Beausejour - Arturo Vidal, Jean Meneses, César Pinares (Claudio Baeza, 46), Erick Pulgar (Andrés Vilches, 89), Alexis Sánchez - Felipe Mora (Carlos Palacios, 76). T: Reinaldo Rueda.

erc/ma/lca