Venezuela tem obrigação de buscar bom resultado contra o Chile, diz técnico

Santiago (Chile), 27 mar (EFE).- Lanterna das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018 e dependente de alguns milagres para se classificar, a Venezuela tem a obrigação de buscar um bom resultado contra o Chile, afirmou o técnico Rafael Dudamel em Santiago, palco da partida de terça-feira.

"Devemos ser responsáveis com o que enfrentamos agora e vamos competir até o último jogo. Não é fácil conviver com o último lugar da tabela", comentou o treinador venezuelano, cuja seleção soma apenas seis pontos.

Com um elenco de jogadores jovens, que estão sendo preparados para as Eliminatórias para a Copa de 2022, Dudamel admitiu a Venezuela enfrentará um rival "muito duro" nesta terça-feira.

"O Chile é uma seleção que tem um grande jogo coletivo, é uma das melhores nesse aspecto", disse em entrevista coletiva, na qual afirmou que a partida será "muito diferente" do empate em 2 a 2 com o Peru na quarta-feira, jogo que a Venezuela chegou a estar vencendo com dois gols de vantagem.

Na opinião do técnico, os jogadores venezuelanos não tiveram força necessária para superar o impacto emocional gerado com o primeiro peruano.

"Será uma partida diferente. Jogamos contra uma seleção que joga muito diferente. Os jogos verticais como este contra o Chile são de muita exposição", explicou Dudamel, que lembrou de quando a Venezuela derrotou o Chile em Santiago por 2 a 0 em 2001. EFE