Vencer, vencer, vencer... - Atlético-MG precisa fazer jus ao hino para seguir tranquilo na Libertadores

Galo enfrentará Libertad, do Paraguai, nesta quarta, no Independência, e precisa fazer jus ao hino para se manter tranquilo na Copa Libertadores 2017

Nunca os versos de hino fizeram tanto sentido para um clube. "Vencer, vencer, vencer. Este é o nosso ideal". É o que diz a música do Atlético-MG e é exatamente o pensamento da equipe na partida contra o Libertad, do Paraguai, nesta quarta-feira (26), pela quarta rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores da América.

Na segunda colocação da chave, o Galo vislumbra um triunfo para se aproximar da classificação para as oitavas de final do torneio continental. Um tropeço, por sua vez, deixa a vaga da equipe na próxima fase ameaçada.

Os mineiros somam quatro pontos em três partidas disputadas. O atual líder - o Godoy Cruz, da Argentina - contabiliza sete. Na terceira posição, o Libertad tem o mesmo número do time brasileiro.

Uma vitória dos paraguaios no jogo que ocorre nesta quarta-feira (26), às 19h30 (de Brasília), deixa o Atlético mais distante da classificação. A duas rodadas do fim da fase de grupos, o time de Roger Machado teria que vencer os duelos restantes - sendo que enfenta o Sport Boys, da Bolívia, fora de casa e o Godoy Cruz em seus domínios.

Por outro lado, caso o Galo obtenha um resultado positivo no estádio Independência, encaminha a classificação e pode sonhar até com a primeira posição do Grupo 6, uma vez que ainda terá um jogo contra o líder da chave na sexta rodada e dentro de seus domínios.

Nesta quarta-feira, portanto, não resta nada além da vitória para o Atlético-MG. Somente um triunfo ajuda a equipe a encaminhar a sua vaga na próxima fase da Copa Libertadores da América.