Veja as trajetórias de Coritiba Crocodiles e Galo FA no Brasileirão da CBFA

Foto (Tiago Munden) - Galo FA vai tentar o título do Brasileirão da CBFA após ser derrotado na final do Brasil Bowl


A final do Brasileirão promovido pela Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA) entre Coritiba Crocodiles e Galo FA será disputada neste domingo (27/11), a partir das 15h, no estádio Couto Pereira, em Curitiba-PR. E a Valinor Conteúdo relembra as trajetórias dos dois times que buscarão o tricampeonato nacional.

O Canal do YouTube da Rede TV! vai transmitir a partir para todo o Brasil.

As duas equipes estão invictas e terminaram nas duas primeiras posições na fase de grupos. O Galo FA liderou durante quase todo o período, mas o Coritiba Crocodiles conseguiu passar os mineiros na última rodada da primeira fase.

Donos da casa na final o Coritiba Crocodiles estrou na competição com uma vitória por 52 a 0 sobre o Santos Tsunami, no CT Meninos da Vila, na baixada santista. O segundo jogo dos paranaenses deu mostras da força da equipe na competição ao superar um dos favoritos ao título. O Croco superou o Guarulhos Rhynos por 45 a 7, no Croco Stadium, na capital paranaense.

No terceiro embate, o Coritiba Crocodiles teve um clássico estadual. Reeditando a final do Campeonato Paranaense deste ano, o Croco venceu o Brown Spiders por 35 a 0, no Croco Stadium. Apesar da campanha, os paranaenses estavam em terceiro na tábua de classificação atrás do Galo FA e Rio Preto Weilers.

Encerrando a sua participação na primeira fase, o Coritiba Crocodiles arrasou o Spartans Football, no Centro de Treinamento Touchdown (CTT), em São Paulo, por 77 a 0 e conquistou a melhor campanha da fase de grupos. Essa foi a maior vitória de um time no FABR em 2022.

Nos playoffs, o Coritiba Crocodiles teve outro rival estadual. Nas quartas de final, o Croco bateu o Paraná HP por 22 a 0. Nas semifinais, o time paranaense reencontrou o Guarulhos Rhynos. Se na primeira fase não houve dificuldades a última partida entre os clubes foi bastante disputada. No dia 13 de novembro, a partida entre os times terminou em 24 a 15.

A caminhada dos mineiros
O Galo FA começou o Brasileirão da CBFA com uma vitória avassaladora de 58 a 3 contra o arquirrival Cruzeiro FA, em Pará de Minas. O segundo jogo dos mineiros também teve contagem cinquentenária. Atuando em casa, os alvinegros derrotaram o Corinthians Steamrollers por 50 a 0. Os dois resultados garantiram a primeira posição na tábua de classificação até aquele momento.

No terceiro jogo, o Galo FA teve outro jogo grande. No Centro de Treinamento Esportivo da UFMG, em Belo Horizonte, a equipe mineira superou o Flamengo Imperadores por 42 a 8. Fechando a sua participação na primeira fase, o time alvinegro goleou o Tritões FA por 50 a 0. Apesar dos grandes resultados, o time mineiro ficou na segunda colocação em função dos critérios de desempate.

Nos playoffs, o Galo FA voltou a derrotar o Flamengo Imperadores, desta vez por 29 a 14, em Belo Horizonte. Nas semifinais, o time alvinegro encarou o Rio Preto Weilers, que também estava invicto na competição, e superou a equipe do interior paulista por 20 a 0.

Contudo, o Galo FA perdeu a invencibilidade na temporada no último final de semana. Os mineiros foram derrotados pelo T-Rex por 30 a 20 no Brasil Bowl – a final da Liga BFA, no Complexo Esportivo Timbó. No entanto, o time preto e branco poderá contar com dois grandes reforços que não puderam atuar naquela partida: o running back norte-americano Parris Lee e o defensor Marcus Tuleba.