Veja o motivo pelo qual Pelé foi internado nesta quarta-feira

Pelé em Paris, na França. Foto tirada em abril de 2019 (FRANCK FIFE/AFP via Getty Images)
Pelé em Paris, na França. Foto tirada em abril de 2019 (FRANCK FIFE/AFP via Getty Images)
  • Pelé já havia sido internado no início deste ano.

  • Segundo boletim médico, condição clínica do ex-jogador é "estável";

  • Filha do ídolo do esporte brasileiro afirmou que "não tem surpresa" na internação;

O ex-jogador Pelé, de 82 anos, foi internado na terça-feira (28) no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. De acordo com boletim do hospital, isso aconteceu para que fosse feita a reavaliação do tratamento quimioterápico do tumor de colón identificado em setembro do ano passado.

"Após avaliação médica, o paciente foi levado a um quarto comum, sem necessidade de internação em uma unidade semi-intensiva ou UTI. O ex-jogador está com pleno controle das funções vitais e condição clínica estável", diz o boletim.

O Dr. Fabio Nasri, geriatra e endocrinologista no Hospital Israelita Albert Einstein, Dr. Rene Gansl, oncologista no hospital e Dr. Miguel Cendoroglo Neto, Diretor-Superintendente Médico e Serviços Hospitalares do hospital, assinaram o texto, informou o portal g1.

No Instagram, Kely, filha de Pelé, afirmou que “não tem surpresa nem emergência” na internação.

"Não tem surpresa nem emergência. Meu pai está internado, está regulando medicamento. Agradecemos muito todo carinho e amor que vocês transmitem!!”, declarou ela.

Pelé havia sido internado no mesmo hospital em fevereiro deste ano para dar continuidade ao tratamento de um tumor de cólon.