Veja motivos que transformaram Luciano em 'queridinho' da torcida do São Paulo

Mesmo com carinho da torcida, Luciano ainda não conseguiu engatar uma sequência de jogos nesta temporada (Foto: Divulgação/São Paulo)


Aclamado pela torcida e ovacionado em praticamente todos os jogos, Luciano renovou com o São Paulo nesta quarta-feira (27). O vínculo do jogador ia até o final deste ano, e agora com a renovação, seu contrato se estendeu até dezembro de 2024.

GALERIA
> Luciano já é o segundo: Veja os jogadores com mais gols pelo São Paulo em um Brasileirão nos últimos dez anos

TABELA
> Veja tabela da Copa Sul-Americana e simule os próximos jogos

Com 90 jogos disputados e 34 gols marcados, o atacante se tornou um dos jogadores do elenco atual que mais é aclamado pela torcida são-paulina. Nesta temporada, o camisa 11 atuou em 13 partidas e anotou três gols. Porém, mesmo com poucos duelos disputados neste ano, até em rodadas que não foi relacionado foi possível ouvir cantos por parte da arquibancada ecoando seu nome.

A identificação dos torcedores com o atleta é algo que o acompanha ano após ano. Com o anúncio da sua renovação, a maioria dos comentários na postagem oficial do clube nas redes sociais era em tom de comemoração. Veja abaixo alguns motivos que transformaram Luciano em um fenômeno com os são-paulinos:

1. ARTILHARIA NO CAMPEONATO BRASILEIRO 2020
Logo na sua primeira temporada vestindo a camisa do São Paulo, em 2020, Luciano foi artilheiro do Brasileirão, após marcar 18 gols na competição. Seu primeiro gol foi logo em seu jogo de estreia, no dia 20 de agosto, onde balançou as redes diante do Bahia no empate por 1 a 1, no Estádio do Morumbi.

Porém, o que chama atenção, é que desde 2002 o Tricolor paulista não apresentava um nome na artilharia do campeonato. Naquele ano, Luís Fabiano garantiu a marca com 19 gols marcados. Luciano, por sua vez, oito anos depois, foi o responsável por quebrar esse tabu.

2. DESTAQUE NA DECISÃO DO PAULISTÃO 2021
Se em 2020 Luciano brilhou no Brasileirão, em 2021 o atacante foi destaque no Campeonato Paulista. Sob o comando de Hernán Crespo, o camisa 11 foi autor de um dos gols na partida contra o Palmeiras na final, o que ajudou o Tricolor paulista a garantir o título e romper um jejum mantido desde 2005. Nesta competição, foi autor de quatro gols em dez disputas.

3. LUTA EM CAMPO
​Uma das grandes questões que chama atenção em Luciano é a "garra" apresentada em campo. Como alguns torcedores comentaram na postagem que anunciou a renovação do atleta, é um jogador que "honra a camisa".

Luciano é ovacionado pela torcida mesmo quando não está em campo. No estádio do Morumbi, é comum ouvir gritos como "É Luciano!" em diversos momentos. E na maioria das partidas, o atacante auxilia na construção de jogadas importantes e lances que muitas vezes se tornam decisivos. Além disso, o próprio jogador já afirmou algumas vezes que se identifica com a equipe. Após assinar seu novo vínculo com o clube, declarou que o São Paulo foi "um amor à primeira vista".

- O São Paulo foi amor à primeira vista. Quando vesti a camisa do São Paulo pela primeira vez foi uma sensação indescritível. Fiquei muito emocionado - disse.

Em clássicos, tal questão é bem visível. Contra o Palmeiras, foram oito jogos e três gols marcados. Já contra o Santos, cinco partidas, mas ainda não marcou nenhum gol. Contra o Corinthians, seis jogos e um gol. Porém, somando todos os clássicos, foram 11 vitórias, quatro empates e cinco derrotas.

Embora ainda não tenha conseguido engatar uma boa sequência nesta temporada, pode voltar a ser opção de Rogério Ceni para a partida contra o Jorge Wilstermann. O São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira (28) pela terceira rodada na Copa Sul-Americana. A partida será às 19h15, no estádio Félix Capriles, na Bolívia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos