Vasco x Botafogo por Yaya Touré: entenda a disputa pela contratação

Goal.com

Yaya Touré parecia estar, mais uma vez, perto de assinar com o Botafogo, mas em vídeo divulgado nas redes sociais de Luiz Roberto Leven Siano, candidato à presidência do Vasco, na última quinta-feira (21/05/2020), o marfinense deu a entender ter chegado a um acerto com o clube de São Januário caso Leven Siano vença o pleito. Como consequência, o Botafogo anunciou, nesta sexta-feira (22), o encerramento de suas negociações com o atleta de 37 anos.

Saiba tudo sobre as eleições 2020 do Vasco da Gama

“Vai, Vasco! Vejo vocês em breve”, disse Yaya, elogiando o projeto para o futebol do Cruz-Maltino. O ídolo do Manchester City também já havia gravado um vídeo para o Botafogo, meses antes, que acabou vazando, deixando evidente que sempre esteve dividido sobre qual seria o seu destino se de fato vier para o Brasil.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Yaya “curtiu” a concorrência

Desde que seu nome passou a ser especulado no futebol brasileiro, Yaya Touré teve seu nome ligado a Botafogo e Vasco. No início, inclusive, chegou até mesmo a curtir um tweet da conta em português do Manchester City, clube onde é ídolo, que encorajava a disputa entre o Glorioso e o Cruz-Maltino.

As idas e vindas com o Botafogo

Naquela época, porém, a movimentação dos botafoguenses nas redes sociais foi maior e a expectativa era de que o meio-campista fosse contratado ainda antes do carnaval. Entre idas e vindas, o negócio não aconteceu. Antes de interromper pela primeira vez as negociações, um vídeo com o anúncio de Yaya Touré (que fazia as malas e incluía uma camisa do Botafogo nelas) chegou a ser vazado nas redes sociais.

Recentemente, contudo, dirigentes do Botafogo passavam a mensagem de que Yaya enfim estaria próximo de um acerto e fizeram pouco caso da possibilidade de o jogador defender a camisa do Vasco.

“Desde que surgiram essas conversas malucas por aí, entramos em contato com o Yaya. O próprio jogador nos disse que o sonho dele é encerrar a carreira no Brasil, país que ele é muito fã. E disse com todas as letras que ficou apaixonado pelo clube e que no Brasil só jogaria pelo Botafogo. A torcida o encantou, ele foi estudar nossa história e ficou apaixonado também”, disse Carlos Augusto Montenegro, membro do conselho de futebol do Glorioso, em entrevista para o UOL.

Mas as coisas não seguiram neste caminho esperado: tanto para a surpresa do Botafogo quanto dos empresários que tocavam as tratativas. Em post feito na sua conta de Twitter, o empresário Marcos Leite questionou o caráter de Touré.

Acerto com candidato do Vasco

A grande surpresa foi o reaparecimento do Vasco da Gama na jogada, assim como a gravação de Yaya citando o nome do clube e prometendo sua chegada – o que ganha peso sob o contexto de que o marfinense teria se irritado com o vazamento do seu vídeo de anúncio pelo Botafogo, meses antes.

O problema é que, apesar de agora parecer mais próximo de São Januário, a contratação de Yaya Touré estaria condicionada a uma vitória de Leven Siano nas eleições cruz-maltinas. O candidato também chegou a falar em nomes como Balotelli e Zlatan Ibrahimovic.

Botafogo não poupa críticas ao jogador

O Botafogo não escondeu a surpresa com o vídeo de Yaya falando sobre o Vasco. Em entrevista ao UOL, Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê gestor do futebol botafoguense, chamou Yaya de "moleque".

"O que acontece é que o Yaya preferiu trocar o certo pelo duvidoso. Porque ele não fechou com o Vasco, mas com um candidato à presidência. Não vejo problema nisso, mas ele foi moleque. Poderia ter nos avisado. Conversávamos há meses e ele tinha um pré-contrato nosso em mãos. O candidato se chama Leven Siano e o Yaya foi leviano. Mas foi até bom. Mostrou que é um jogador que não quer mais saber de futebol, nos livramos dessa", disse.

Vale lembrar que Vasco e Botafogo convivem com sérios problemas econômicos.

Leia também