Vasco volta ao palco do bicampeonato para encerrar seu jejum nos clássico

Na sua estreia no Maracanã em 2017, Cruz-Maltino defende longa invencibilidade - desde 2015 - e busca reviver retrospecto dos últimos anos em clássicos para vencer o Flamengo

Mais do que o terceiro embate entre as equipes no ano, o clássico contra o Flamengo marcará o retorno do Vasco ao Maracanã. A última partida no estádio foi no ano passado - em novembro - quando venceu o Ceará e garantiu o acesso. E os comandados de Milton Mendes - que empatou seus dois primeiros clássicos - vão defender uma longa invencibilidade cruz-maltino no Maior do Mundo.

A última derrota no Maracanã foi há mais de um ano: ainda em 2015, para o Atlético-MG. Desde então, são nove partidas sem saber o que é perder no estádio. Dentre elas, o título estadual do último Carioca. E, apesar da vantagem do empate para chegar na decisão, o pensamento no Vasco é de vencer o primeiro clássico na temporada.

– Não muda nossa postura. Não é a mesma coisa passar empatando do que vencendo. Mas é uma vantagem. Eu particularmente não gosto muito, mas o regulamento é esse. Dentro de campo esquecemos um pouco disso, porque queremos a vitória – analisara o goleiro Martin Silva, que ainda valorizou o retorno do Gigante da Colina para o Maracanã, sendo logo em um clássico de tamanha importância para ambos os times:

– Ser no Maracanã fica da melhor maneira, até porque o Carioca precisa de um estrutura boa. Deveria melhorar muito. São poucos estádios à altura de clássicos. O último clássico com o Flamengo foi em Volta Redonda, com pouco público. O Maracanã é o palco que esse clássico precisa – completou um dos pilares do Vasco.






E MAIS: