Vasco vence Boavista após temporal e fica perto de semifinais

BRUNO BRAZ

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Após um forte temporal que caiu sobre o Rio de Janeiro, alagou o gramado de São Januário e atrasou a partida por 30 minutos, o Vasco venceu o Boavista por 1 a 0 e deu um grande passo tanto para a classificação na Taça Rio como para as semifinais do Campeonato Carioca. Douglas marcou o gol da vitória.

Com o resultado, o cruzmaltino saltou para a segunda colocação do Grupo C com dois pontos a mais que Volta Redonda e Portuguesa faltando apenas uma rodada para o término da fase de grupos.

Já em relação à classificação geral, o time foi para terceiro com 18 pontos, um a mais que o Botafogo e dois a mais que o Nova Iguaçu, adversário direto neste domingo em Moça Bonita.

Para ficar com a vaga nas semifinais do Estadual, basta ao Vasco empatar com a equipe da Baixada Fluminense.

A forte chuva fez com que os jogadores mudassem a forma de jogar. Em vez de toque de bola, muitas vezes era preciso abusar das bolas aéreas. Melhor para o Vasco, que abriu o placar dessa forma. Douglas mostrou qualidade e persistência para estufar as redes e botar os donos da casa em vantagem.

Luis Fabiano foi expulso no clássico com o Flamengo e desfalcou a equipe. Thalles foi o escolhido por Milton Mendes para iniciar a partida, mas com apenas 21min de jogo sofreu lesão no tornozelo e teve que sair. O Vasco teve que mudar a forma de jogar e atuar sem centroavante, já que Muriqui foi o escolhido.

O primeiro tempo do jogo foi ruim, mas tinha as poças de água, causadas pela chuva, como desculpa. No segundo tempo, a bola voltou a rolar sem maiores dificuldades. Mesmo assim, os jogadores de Vasco e Boavista não empolgaram. Jogo frio e sem muitas oportunidades de gol.

VASCO

Martín Silva, Gilberto, Julio dos Santos, Rafael Marques e Henrique; Douglas, Escudeiro (Bruno Galo), Andrezinho e Nenê (Wagner); Yago Pikachu e Thalles (Muriqui)

T.: Milton Mendes

BOAVISTA

Rafael; Lucas Rocha, Gustavo Geladeira, Anderson Luiz e Christiano; Julio César, Thiaguinho e Fellype Gabriel (Erick Flores); Maicon (Thiago Amaral), Marcelo Nicácio (Pedro Botelho) e Mosquito

T.: Joel Santana

Estádio: São Januário, no Rio

Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro

Cartões amarelo: Andrezinho (V) Thiaguinho e Erick Flores (B)

Gols: Douglas (V), aos 18min do 1º tempo

Leia também