Vasco se apega ao trabalho para não desanimar

A eliminação na terceira fase da Copa do Brasil não estava nos planos do Vasco, mas foi o que aconteceu na noite de quinta-feira, quando o time foi derrotado pelo Vitória por 1 a 0, na Bahia. Vivendo um momento de grande pressão, quando se discute mudanças no departamento de futebol, o elenco planeja apenas trabalhar com tranquilidade para tentar modificar essa situação.

Leia mais: 

Alan Costa marca, Vitória vence e elimina o Vasco na Copa do Brasil

Cristóvão admite pressão após eliminação, mas espera ficar no Vasco 

“Neste momento o que nos resta é trabalhar cada vez mais e mais, pois o Vasco não pode aceitar uma eliminação precoce na Copa do Brasil. Tínhamos condições de brigarmos pelo título e infelizmente não conseguimos fazer prevalecer o nosso estilo de jogo. Portanto, quando isso acontece é trabalhar, trabalhar e trabalhar. Tenho certeza de que vamos conseguir tirar o time desta situação”, disse o atacante Kelvin.

O centroavante Luis Fabiano segue a mesma linha de raciocínio. O Fabuloso lembrou que no próximo domingo o Cruz-Maltino já tem um clássico, diante do Botafogo, às 18h30 (de Brasília), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela segunda rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O Vasco estreou empatando por 2 a 2 com o Macaé e precisa vencer para não começar a se complicar em termos de classificação para as semifinais.

“Infelizmente, o futebol não nos dá muito tempo lamentarmos ou comemorarmos um resultado. A gente queria estar vibrando com a classificação na Copa do Brasil, que é o que se espera de um clube como o Vasco. Mas não conseguimos fazer prevalecer a nossa superioridade, mesmo dominando todo o primeiro tempo na Bahia e boa parte do confronto de ida. Mas não podemos abaixar a cabeça, pois ainda tem muita coisa para acontecer na temporada e precisamos trabalhar, trabalhar e trabalhar cada vez mais. Até porque temos um clássico muito complicado no próximo domingo e precisamos chegar bem nele”, analisou o Fabuloso.

O elenco retornou ao Rio de Janeiro nesta sexta-feira e neste sábado acontece o único treino tático de olho para o choque contra o Botafogo, quando o time será definido. Em seguida começa o período de concentração para o clássico.