Vasco pode ter maior média de utilização da base dos últimos anos

Luiza Sá
LANCE!
Vasco tem 26 jogadores formados na base no plantel principal (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)
Vasco tem 26 jogadores formados na base no plantel principal (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)


O início de temporada ainda é de poucas certezas para o Vasco, que convive com salários atrasados e buscando reforços no mercado. No entanto, o que já deu para perceber nesse primeiro momento é a relevância dos jogadores formados no clube para a continuidade do ano. Nos três jogos de 2020 até agora, o técnico Abel Braga já utilizou 16 atletas que passaram pelas categorias de base.

Dos 37 jogadores que estão com o elenco principal, 26 são formados em São Januário. São eles Marrony, Talles Magno, Jordi, Andrey, Alexandre, Gabriel Pec, Bruno Gomes, Henrique, Tiago Reis, Lucas Santos, Ricardo Graça, Ulisses, Coutinho, Kaio Magno, Cayo Tenório, Linnick, Alexander, Lucão, Miranda, Menezes, Riquelme, Nathan, Juninho, Caio Lopes, João Pedro e Vinícius. No último jogo, o goleiro Fintelman, que não havia aparecido nas listas anteriores, ficou no banco de reservas por conta da lesão de Jordi.

Como acertou apenas uma contratação até o momento - o atacante Germán Cano -, o Cruz-Maltino pode superar rapidamente a média dos últimos anos e ver os jovens conquistando um papel cada vez mais importante dentro do grupo. Em 2019, apenas sete jogadores chegaram a 10 partidas pela equipe principal. Foram eles Ricardo Graça, Talles Magno, Andrey, Henrique, Tiago Reis, Lucas Santos e Marrony.




Nos anos anteriores, essa conta foi maior, mas muitos jovens acabaram perdendo espaço com os veteranos que passaram pela Colina. Em 2018, foram nove e em 2017, com 10, o número foi o maior desde 2005, quando 12 atletas tiveram oportunidades.

- O Vasco tem uma base muito boa, está ajudando bastante. Nós vamos ter que apostar. Vamos analisar bem o próximo jogo, mas a equipe vai ser recheada de jogadores da casa, não pode ser diferente. Eles estão querendo. E quando o cara quer, o maior prazer pessoal de cada um é levar o nome do clube. O trabalho vai continuar com tranquilidade e seriedade. Eu acredito muito que vem coisa boa - afirmou Abel após a vitória contra o Boavista por 1 a 0.

Na próxima partida, quinta-feira, contra a Cabofriense, em São Januário, o Vasco terá o time considerado titular em campo. No domingo, contra o Botafogo, os garotos vão ser testados novamente.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também