Vasco pode dobrar investimento no time se conseguir manter novos sócios-torcedores

Com promoção e campanha nas redes, o Cruzmaltino pode entrar em 2020 com maior poder de fogo para trazer reforços
Com promoção e campanha nas redes, o Cruzmaltino pode entrar em 2020 com maior poder de fogo para trazer reforços

Mesmo tentando arrumar a casa, o Vasco da Gama ainda passa por problemas financeiros: Vanderlei Luxemburgo, por exemplo, falou que só fica se todas as pendências entre os funcionários e o clube forem quitadas. A solução para sair da crise deve passar pelo principal ativo da equipe: o seu torcedor.

A promoção do programa de sócio-torcedor realizada pelo Vasco rendeu frutos: em outubro, o clube tinha apenas 30 mil torcedores vinculados. Hoje, ele está próximo de quintuplicar essa marca, chegando a 150 mil sócios. E, claro, isso é um bônus e tanto para os cofres cariocas.

Em outubro, o Vasco recebia cerca de R$ 1,3 milhões de reais com o seu programa sócio-torcedor. Agora, com 150 mil torcedores, mesmo com preços mais baixos, receberá aproximadamente R$ 3,7 milhões. Esse valor já é maior que a folha salarial do clube, e será uma grande ajuda para que o Vasco consiga cumprir seus vencimentos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Agora, o próximo passo para o Vasco é que ele consiga fidelizar esses 120 mil novos sócios, mantendo todos vinculados ao clube mesmo depois que a tarifa promocional chegar ao fim, dentro de seis meses: se o clube conseguir, pode garantir uma renda mensal de mais de R$ 6 milhões, se tornando o programa de sócio-torcedor mais rentável do Brasil, à frente de casos de sucesso como o Flamengo e o Palmeiras.

A tarefa, claro, é mais fácil na teoria do que na prática. No entanto, medidas assim podem funcionar como um "efeito dominó." Com o Vasco demonstrando mais uma vez a força e o engajamento de sua torcida, o clube ganha mais força no mercado, e pode começar a pensar em adquirir patrocínios mais vantajosos.

Com menos pendências a serem pagas, o Vasco teria mais dinheiro restante para investir em estrutura (talvez finalmente possibilitando o tão sonhado CT), e em contratações, aprimorando o elenco. Juntando peças de qualidade com garotos da base promissores, o Vasco pode montar um grupo mais competitivo do que o atual, e quem sabe brigar mais alto.

Levando em conta que a a administração do Vasco ainda deixa muito a desejar, a projeção ainda não passa de um grande 'se'. No entanto, nenhum grande clube consegue sair da crise sem contar com a força de sua torcida. E o torcedor Cruzmaltino parece disposto a dar esse passo.

Leia também