Vasco oscila, empata com o Audax Rio e segue sem vencer na temporada


O Vasco segue sem vencer na temporada 2023. Nesta quinta-feira, o time alternativo formado em sua maioria por jogadores da base, empatou com o Audax Rio, por 1 a 1, no Luso-Brasileiro, pela segunda rodada do Campeonato Carioca. O Cruz-Maltino saiu atrás do placar logo aos cinco minutos, com gol de Raphael Lopes, mas empatou ainda no primeiro tempo com Galarza.

Essa foi a última partida do time alternativo do Vasco, já que o clássico com o Botafogo, que seria segunda-feira, foi adiado. Portanto, o próximo compromisso pelo Carioca será quinta-feira que vem, novamente no Luso-Brasileiro, contra os donos da casa, a Portuguesa da Ilha. Antes disso, a equipe principal enfrenta o Inter Miami, sábado, em amistoso nos Estados Unidos.


PRIMEIRA JOGADA, GOL DO AUDAX RIO


Logo aos cinco minutos de jogo o Vasco já ficou atrás do placar. O Cruz-Maltino tinha mais a bola, mas quando foi atacado pela primeira vez, foi facilmente envolvido pelo Audax, que construiu o gol com extrema tranquilidade. Jogada pela esquerda de ataque, passe, ultrapassagem do lateral e cruzamento rasteiro até o atacante Rafael Lopes finalizar sem marcação. O gol saiu pelo lado de Robson, estreante da noite.

+ ATUAÇÕES: Galarza marca e evita derrota do Vasco para o Audax Rio

ESTÁTICO E PREVISÍVEL

O gol deixou a torcida impaciente e tirou a confiança do Vasco, que pouco arriscou nas jogadas ofensivas. O trio de meio-campo, formado por Matheus Barbosa, Juninho e Galarza apresentava pouca movimentação, o que facilitava a marcação do Audax. O lateral-esquerdo Paulo Victor era o único que não se abateu. Buscou o jogo e mostrou personalidade ao aplicar um chapéu no campo de defesa.

LAMPEJOS PARA EMPATAR

A partir da parada técnica, os jogadores se soltaram um pouco mais. Galarza e Juninho começaram a participar mais do jogo e criaram boas chances. O empate saiu após finalização do paraguaio, que ficou na boa para marcar após a linda jogada de Paixão. O atacante da base arrancou pela direita e rolou no capricho para o companheiro chutar sem marcação. Na sequência, Juninho driblou dois marcadores, tabelou com Galarza, invadiu a área, mas finalizou em cima do goleiro.

Vasco x Audax-RJ
Vasco x Audax-RJ

Galarza marcou o gol do Vasco na partida (Foto: Matheus Lima/VASCO)

ESTREIA DO ARTILHEIRO

O Vasco voltou para o segundo tempo abaixo de como terminou o primeiro. O Audax controlou os minutos iniciais e teve chances de marcar. Como o time não reagia, Emílio Faro mexeu na equipe e promoveu a estreia de GB, que foi o grande destaque do time na Copinha, com três gols. O atacante mostrou personalidade logo na primeira jogada, ao tentar surpreender o goleiro finalizando quase do meio-campo.

ESTREIA PARA A HISTÓRIA

Outra estreia que movimentou o jogo foi a do atacante Rayan. O jogador de 16 anos, 5 meses e 16 dias, se tornou o mais jovem a jogar pelo Vasco no Século 21, superando a marca de Andrey Santos, vendido recentemente para o Chelsea. Tratado como a grande joia da atualidade, Rayan atuou como ponta-direita, o que não é o habitual. Mesmo assim mostrou personalidade apesar da pouca idade. O entrosamento com GB não foi o suficiente para fazer o Vasco vencer a primeira na temporada.

FICHA TÉCNICA
2ª rodada do Campeonato Carioca
​AUDAX RIO 1 X 1 VASCO

Local: Luso-Brasileiro, Ilha do Governador, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: Quinta-feira (19/01), às 21h10 (Brasília)
Árbitro: Bruno Mota Correia (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (RJ) e Thiago Filemon Soares Pinto (RJ)
Público/Renda: 2.087 (pagante); 2.379 (presente); R$ 80.250,00
Cartões Amarelos: Emerson Urso, Júnior Lopes, Thomáz Kaick (Audax Rio); Rodrigo, Robson, GB (Vasco)
Cartões Vermelhos:
Gols: Rafael Lopes (5' do 1º tempo / 1-0); Galarza (29' do 1º tempo / 1-1)

AUDAX-RJ (Técnico: Júnior Lopes)
Leandro; Lucas Motta, Rafael Castro, Thomáz Kayck e Kaio; Kéverton, Diego Valderrama (PH) e Higo Leite (Diego Miticov); Romarinho (Pablo Thomaz), Raphael Lopes (Carlinhos) e Emerson Urso (Jackson Caucaia).

VASCO (Técnico: Emílio Faro)
Halls; Rodrigo, Robson, Zé Vitor e Paulo Victor; Matheus Barbosa (Lyncon), Galarza (Juan) e Juninho (Rayan); Erick (Barros), Zé Santos (GB) e Paixão.