Vasco minimiza possível escalação reserva do Botafogo para final

Envolvido em jogos importantes fora do país pela Copa Libertadores, o Botafogo poderá preservar alguns titulares na final da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, neste domingo, às 16h (de Brasília), diante do Vasco no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Porém, isso não chega a ser tratado com animação pelos vascaínos, que minimizaram uma possível escalação dos reservas por parte do rival.

No entender dos jogadores vascaínos, o rival merece respeito, pois chegou até aqui atuando boa parte do Estadual com os chamados reservas. O lateral direito Gilberto disse que os botafoguenses estão preferindo evitar qualquer tipo de previsão para o clássico.

“O Botafogo poupou titulares no fim de semana e conseguiu uma vitória expressiva. Aliás, se garantiu nas semifinais do Campeonato Carioca jogando boa parte da competição com os reservas, ou chamados reservas, pois muitos deles jogam várias vezes entre os titulares. Portanto, não vamos criar nenhum tipo de ilusão em relação a esse confronto. Nós estamos analisando a decisão como ela merece ser analisada, ou seja, sem previsão nenhuma. O importante é nos entregarmos sem nos preocuparmos com quem está do outro lado do gramado. Temos que fazer o nosso melhor, pois é isso que o torcedor espera da gente”, apontou o defensor.

Leia também: Volante elogia Milton Mendes e vê Vasco pronto para final da Taça Rio

O zagueiro Rafael Marques lembrou que o Botafogo fez bons clássicos com os reservas, como na derrota de 2 a 1 para o Flamengo na Taça Guanabara, primeiro turno, e nos 3 a 1 aplicados no Fluminense nas semifinais da Taça Rio.

“O Botafogo jogou mais de um clássico esse ano com os chamados reservas e nunca vimos o time deles ser derrotado com facilidade. Vendeu caro a derrota para o Flamengo e ganhou do Fluminense. Portanto, nós estamos nos preparando para enfrentar o Botafogo em um clássico cercado de rivalidade e imprevisível”, declarou Rafael, que foi revelado justamente nas categorias de base do Botafogo.

A definição do time do Vasco que vai a campo acontecerá minutos antes do confronto, mas o técnico Milton Mendes poderá contar com o atacante Luis Fabiano. O jogador teria que cumprir suspensão imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) por conta de sua expulsão no empate por 2 a 2 com o Flamengo. Porém, o departamento jurídico do Vasco conseguiu um efeito suspensivo para que o Fabuloso possa jogar até que o recurso impetrado pelo clube seja julgado, o que só deverá acontecer daqui a duas semanas por conta dos feriados no Brasil.

O atacante Thalles, livre de dores na coxa direita, também deverá ficar à disposição. Atendendo a uma determinação da diretoria e seguindo tradição no clube, São Januário fecha nesta sexta-feira santa e o elenco não vai treinar, se reapresentando no sábado pela manhã, já para o período de concentração.