Vasco leva jogadores para visitar Instituto Nacional de Combate ao Câncer

O elenco do Vasco viveu uma quinta-feira de grande emoção. Com o período sem jogos após a eliminação na Copa do Brasil e no Campeonato Carioca, a preparação para o Campeonato Brasileiro sofreu uma pausa a fim de que os jogadores pudessem visitar o Instituto Nacional de Combate ao Câncer (Inca) no centro do Rio de Janeiro. A ideia, de fazer os jogadores levarem um pouco de conforto aos pacientes, foi um sucesso.

Leia mais: 

Lateral Gilberto valoriza mudança de esquema tático no Vasco

Vasco já negocia com substituto de Rodrigo 

O técnico Milton Mendes e os jogadores chegaram ao local já pela manhã e passaram a maior parte do dia. O atacante Luis Fabiano, logicamente um dos mais assediados, entregou alguns bonés aos pacientes.

O volante Douglas, considerado uma das principais promessas do atual plantel, também recebeu muitos afagos. Milton Mendes preferiu permanecer boa parte do tempo na ala infantil, inclusive brincando com as crianças.

Ações junto a hospitais e comunidades carentes sempre foram um dos focos do presidente Eurico Miranda desde seus primeiros mandatos à frente do clube. Inclusive o Cruz-Maltino tem fortes parcerias com a Barreira do Vasco, comunidade que cerca a região do estádio de São Januário.

Após a pausa de quinta-feira para a solidariedade, o elenco volta aos treinos na manhã desta sexta-feira, dando sequência à preparação para o Brasileirão. A estreia na competição acontecerá no dia 14 de maio, diante do Palmeiras, às 16h(de Brasília), no Palestra Itália, em São Paulo (SP).

Fora de campo a diretoria chegou a um acordo com o atacante Paulo Vitor, de 17 anos, e prorrogou o contrato do jogador até março de 2020. O atleta, que integra ainda o time de juniores, vem sendo tratado como uma das principais revelações do clube e por isso mesmo a sua migração ao time de profissionais é algo que vem sendo tratado com muita cautelo dentro do clube. O novo compromisso já foi registrado na CBF.