Vasco fica vulnerável na etapa final, dá espaço para contra-ataques e perde a chance de colar no G4

·3 minuto de leitura


O Vasco chegou ao Maranhão com uma grande oportunidade de ficar a dois pontos do G4. Os resultados da rodada foram favoráveis, mas a equipe não conseguiu sair de campo com a vitória. Na etapa final, houve uma queda de rendimento ao ficar mais vulnerável a contra-ataques, sobretudo depois de Fernando Diniz tirar um zagueiro e colocar mais um centroavante em campo.

Na escalação, o comandante vascaíno optou por deslocar Zeca novamente para a lateral-direita e colocou Gabriel Pec entre os onze. O atacante tinha feito bons jogos ao aparecer como opção pela esquerda. No início do jogo, o time adiantou a marcação e forçou o erro na saída de bola do Sampaio Corrêa. O lado esquerdo foi bastante explorado com a trinca Pec, Nenê e Riquelme.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Por ali, nasceram boas jogadas, que levaram perigo ao gol de Luiz Daniel. O jovem lateral mais uma vez mostrou personalidade e conseguiu criar também por dentro. Faltou ao Vasco ser mais efetivo neste início e abrir o placar para ter mais tranquilidade na partida.

Só que em uma jogada em profundidade, Ciel colocou na frente e dividiu com Vanderlei. O goleiro demorou para sair do gol, mas não fez o pênalti. O árbitro chegou a assinalá-lo, mas mudou depois de consultar o VAR. As melhores chegadas dos maranhenses eram pelo alto, onde os cariocas sofrem desde o início da temporada. Mas nada concreto, só lances esporádicos no primeiro tempo.

+ ATUAÇÕES: Nenê desperdiça pênalti e a chance do Vasco pontuar no Maranhão

No fim da primeira etapa, um lance capital, que poderia ter mudado o jogo a favor do Vasco. Marquinhos Gabriel deu um bom passe para Pec, que foi derrubado pelo Luís Gustavo. O árbitro, que teve um desempenho inseguro, expulsou o lateral. Um lance polêmico, em que os atletas do Sampaio Corrêa argumentaram como uma decisão exagerada.

Na volta do intervalo, o Cruz-Maltino tinha toda etapa final para marcar um gol e sair com a vitória. Mas faltou tranquilidade para construir o resultado. Na primeira chance, Nenê colocou a bola no fundo da rede, mas Gabriel Pec estava em impedimento na origem da jogada. Os donos da casa tiveram mais espaço já que os visitantes se lançaram ao ataque. Com a defesa desguarnecida, Pimentinha incomodou.

+ Diniz explica substituição e diz que o Vasco se descuidou no gol do Sampaio Corrêa: 'Eles foram mais eficientes'

Até que aos 14, Diniz decidiu colocar Daniel Amorim em campo, mas tirar Ricardo Graça. A troca foi mal sucedida e deixou a defesa ainda mais vulnerável para as chegadas de contra-ataque do time dirigido por Felipe Surian. Pimentinha teve liberdade e Vanderlei salvou o Vasco. Contudo, no escanteio, a defesa estava desorganizada e Allan Godói subiu com tranquilidade para colocar a bola no fundo da meta vascaína.

A partir do gol, o Sampaio Corrêa tentou segurar o jogo, já que necessitava da vitória e não vencia há sete jogos. O Vasco teve que correr atrás, e entraram os garotos João Pedro e Figueiredo, mas era a noite do goleiro Luiz Daniel. O arqueiro fez pelo menos três boas defesas e a atuação foi coroada no fim. No último ato, após Riquelme sofrer o pênalti, Nenê foi para a cobrança e parou na muralha tricolor.

+ LANCE! Rápido estreia nesta segunda-feira; conheça o novo conteúdo

Restam nove rodadas e a diferença segue de cinco pontos. Porém, mais uma vez o Vasco tropeçou quando teve a oportunidade de encostar no G4. Foi assim durante toda campanha da Série B. A chance matemática é real, mas o time não pode vacilar e deixar pontos pelo caminho. Era obrigação fazer o resultado com um a mais em campo e uma rodada totalmente favorável. Depois do primeiro revés de Diniz, a equipe terá pela frente o líder Coritiba, no sábado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos